Ibituruna festeja Padroeiro

Com grande alegria, devotos, visitantes e paroquianos da Paróquia São Gonçalo do Amarante, de Ibituruna, se reuniram durante os dias 15 a 23 para rezarem a novena em honra ao Padroeiro e festejarem com danças típicas da região: folia, calango e congada. Durante todos os dias da novena o tema “Misericórdia de Deus” foi trabalhado com os devotos ibiturunense.

são gonçalo 1FESTA DO POVO
Durante todos os dias do novenário as danças tradicionais do povo ibiturunense foram o ponto alto dos festejos. Padres e o povo de Deus soltaram suas vozes para aclamar São Gonçalo e não economizaram no gingado. Destaque deve ser dado ao grande número de visitantes que vêm até Ibituruna para rezar e conhecer esta festa que está cada vez maior.

DURANTE OS FESTEJOS
Na quinta feira, dia 21, a Alvorada Festiva anunciou o início do tríduo preparatório para a festa de São Gonçalo. Era o dia de celebrar Nossa Senhora da Consolação, título muito venerado por São Gonçalo e, consequentemente, pelos ibiturunenses. A partir desse dia a Paróquia contou com a presença alegre e cativante de Monsenhor Juvenal, que não visitava a Festa de São Gonçalo há mais de 15 anos. Na sexta-feira a celebração foi dedicada também a Santa Terezinha e no sábado a São Sebastião, santos muito venerados na cidade.

Já no sábado, 23, Ibituruna recebeu uma ilustre visita. Dom Waldemar Chaves de Araújo, bispo emérito de São João del-Rei, presidiu o nono dia do novenário que teve como tema “Dar Testemunho”. O bispo emérito aproveitou e partilhou o testemunho da misericórdia de Deus em sua vida em consequência da cura de sua enfermidade por intercessão da Beata Nhá Chica. Dom Waldemar demonstrou grande alegria em rever a comunidade e em prestigiar a dança de São Gonçalo.

são gonçalo 3DIA MAIOR
O grande dia da festa, dia 24, dedicado a São Gonçalo do Amarante começou às 09 horas da manhã com a missa das crianças, e contou com a presença da catequese, acólitos e coroinhas. O pároco, Padre Sílvio Firmo, presidiu a celebração e falou do amor de Deus e do desejo que Ele tem de que todos sejam Santos, como São Gonçalo. À tarde, o leilão em prol da reforma da Igreja Matriz levou bem feitores da Paróquia a ajudar a causa.

No fim da tarde, a majestosa procissão de São Gonçalo ganhou as ruas da cidade, abrilhantada pela Corporação Musical Santa Cecília. Dom Célio já se fazia presente e acompanhou a caminhada de oração. O bispo também presidiu a Santa Missa de encerramento da festa e falou da fé do povo de Ibituruna que celebra alegre o seu padroeiro. Dom Célio destacou também o valor da caridade, “ao se trabalhar a caridade, o amor a Deus e ao próximo, nós nos tornamos Santos, nos tornamos Misericordiosos”. Ao final da celebração, uma belíssima coroação de São Gonçalo, feita pelos homens, emocionou a todos.

A festa terminou com a queima de fogos em homenagem ao padroeiro e também com as tradicionais danças.

Colaboração e fotografia: Pascom Ibituruna
Acompanhe o trabalho da Paróquia nas Redes Sociais:
Facebook: www.facebook.com/PascomdeIbituruna
Youtube: www.youtube.com/PascomIbituruna

COMPARTILHAR
22 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).