3º Domingo do Advento

Ev Jo 1, 6-8.19-28

“Ele veio como testemunha, para dar testemunho da luz, para que todos chegassem a fé por meio dele” (Jo 1,7).

O terceiro domingo do Advento é conhecido como Domingo da Alegria. Isto porque quer que se acentue nos momentos celebrativos da Igreja a alegria pela proximidade do dia do nascimento de Jesus. Na leitura do profeta Isaías, destaca-se a alegria do povo que espera para a partida do Salvador: “Exulto de alegria no Senhor e minha alma regozija-se em meu Deus, porque estava para pedir o que é que procuram o tempo da graça da parte do Senhor “(Is 61, 2.10). 

Também neste domingo mais uma pessoa do profeta João Batista nossas ajudas em nossa preparação para Natal. Ele, vivendo com radicalidade e simplicidade à beira do Rio Jordão, fez com que muitos entendessem que um novo tempo estava para acontecer. Sua vida foi de um mensageio para o mais importante do que estava para acontecer. Apontava para a Luz verdadeira que seja possível para o mundo e assim transformar a vida da humanidade. Ele tinha uma convicção de que o Messias já estava no meio do povo e não era digno nem de desamarrar suas sandálias.

No Advento podemos ter nos sinais visíveis da presença do Salvador em nosso meio, quando nos preparamos com alegria para a juventude em nossos encontros de famílias, de comunidades e por gestos concretos de amor e solidariedade. Neste domingo, uma CNBB propõe que se faça uma Coleta para a Evangelização. A todos nós pede-se a generosidade nesta Coleta, para que seja um suporte aos trabalhos de evangelização realizados na Diocese, no Regional Leste II e pela própria CNBB Nacional. Agradecemos a todos que entenda e participe generosamente desta Coleta em nossas Comunidades Paroquiais.

D. Célio de Oliveira Goulart – Bispo Diocesano

COMPARTILHAR
Departamento de comunicação