Após reforma, Paróquia celebra missa de reinauguração

Olhos atentos, sorriso no rosto e expressão de dever cumprido. Essa foi uma das cenas mais vistas pelos fiéis, que foram até a Igreja de São Gonçalo do Amarante, padroeiro de Ibituruna, para conferir o resultado da reforma do templo. Um trabalho que encantou a todos.

Presidida por Dom Célio de Oliveira Goulart, bispo de São João del-Rei, a celebração da missa de reinauguração contou com a presença do vigário forânio, padre Rondineli Cristino, e padre Admilson Paiva, da Paróquia de Ingaí.

Na ocasião, o Pároco, padre Sílvio Firmo do Nascimento, agradeceu a todos que se envolveram diretamente com a reforma, principalmente os paroquianos que aderiram a campanhas, barraquinhas e leilões. “O cuidado com a igreja é o termômetro da fé do povo que lá frequenta. Se você depara com uma igreja destruída, você logo pensa que o povo é descuidado com sua fé. O que não ocorre em nossa cidade. Foi com o apoio e participação da população que se tornou possível essa obra”, explica.

Foram cinco meses de reforma, desde estrutura, parte elétrica e hidráulica, até a pintura, revestida com tinta acrílica. A novidade ficou por conta do forro, todo envernizado e da iluminação, agora, em led. “A estrutura estava em risco e, consequentemente, colocava em risco a vida dos fiéis. Com o templo renovado, a paróquia só tem a ganhar”, desta o sacerdote.

Para aqueles que acreditavam no término das obras, uma surpresa: As reformas ainda continuam. Essa foi à sugestão do bispo em sua homilia, referindo-se a pequena Igreja de Nossa Senhora do Rosário. “Foi muito bonito essa união. Precisamos cuidar e preservar estes prédios (…) . Lá também necessita de atenção”.

Com orações próprias o bispo abençoou o altar e aspergiu com água benta todo o espaço interno da Igreja. No final, houve o descerramento da placa e, como tradição ibiturunense, a partilha dos famosos pães, vindos das comunidades paroquiais. Sem dúvida, um grande momento de fé que entra para a história da comunidade Paroquial.

Além da missa, o evento contou com apresentação da Corporação Musical Santa Cecília, procissão, show e confraternização.

 

COMPARTILHAR
22 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).