Católicos celebram dia de Nossa Senhora Aparecida com festa em toda a diocese

Foto: Lucas Silveira

Nossa Senhora Aparecida inspira fé e as homenagens pelas graças alcançadas são carregados até nos nomes dos devotos. Em todo o país, mais de 300 mil pessoas carregam na identidade o nome Aparecida. Além do registro em comum, muitos carregam também histórias. “A escolha do meu nome foi uma promessa das minhas tias. Nasci prematura e, segundo elas, fui curada pela intercessão de Nossa Senhora. Tenho orgulho em ser mais uma ‘Aparecida’ que testemunha essa devoção”, explicou Larissa Aparecida. Ao redor do país, são muitos os fiéis que recorrem à intercessão da Mãe de Jesus, principalmente no dia 12 de outubro, na qual é festejado o titulo mais popular do país: Nossa Senhora Aparecida.

Orações do terço, missas, carreatas e procissões marcaram as celebrações em toda a Diocese. Ao todo, cerca de vinte e cinco festas foram realizadas durante essa quarta-feira festiva. Em Lavras, cinco mil fiéis passaram pela paróquia que leva o título mariano para fazerem seus pedidos, preces e agradecimentos.

A programação, que teve início logo cedo, mobilizou toda a cidade. Caminhada de fé, carreata e procissão luminosa aglomeraram fiéis na bela igreja localizada na saída da cidade.

Além de Lavras, outras cidades também promoveram festas e procissões. Em Itutinga, a imagem de Nossa Senhora percorreu a cidade em carros de boi. Já na Paróquia Senhor Bom Jesus do Monte, o dia foi marcado com a inauguração na nova capela, agora da região de Mumberra. Confira como foi as celebrações na Diocese:

Abertura do Ano Nacional Mariano
Além de celebrar a festa da paróquia a data também marcou a abertura do Ano Nacional Mariano, em comemoração aos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, nas águas do Rio Paraíba do Sul.

Decretado na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o Ano Mariano começa nesta quarta-feira e segue até 11 de outubro de 2017.

COMPARTILHAR
22 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).