Celebração de Corpus Christi reúne fiéis por toda a diocese

A celebração de Corpus Christi nesta quinta-feira, 31, contou com procissões, missas e os famosos tapetes coloridos em diversas paróquias da Diocese. Com origem no século 13, a Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo ocorre 60 dias após a Páscoa. A data faz uma alusão à Quinta-feira Santa, quando a Igreja celebra a instituição da Eucaristia, durante a última ceia de Jesus.

“A igreja católica celebra hoje a solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, é o dia da eucaristia. Nós recordamos a presença real de Jesus como fundamento e esperança da nossa fé. É o dia que a sagrada eucaristia sai pelas ruas da comunidade para ser louvada com dom supremo deixado por Deus para nós cristãos”, explica padre Jorge Wilson.

No centro histórico de São João del-Rei, uma missa campal tomou conta do Largo do Rosário. Reunindo milhares de fiéis a celebração contou com a participação de paroquianos de São Francisco de Assis, São José Operário e Nossa Senhora do Pilar.

“Aqui é uma missa diferente e muito importante porque estamos celebrando o corpo de cristo. É a celebração mais importante do ano, justamente pelo que ela representa”, destaca a aposentada Maria do Rosário Silva.

Durante a procissão, paradas marcam a união das comunidades. Garagens, varandas e até mesmo caminhões se tornam altares ornamentados para acolher a benção do Santíssimo Sacramento. “É um dia muito importante, afinal, é a data que reforçamos a presença d’Ele em nós”, afirma a jovem Mariana Costa.

A movimentação também aconteceu nas outras 39 paróquias. Algumas contaram ainda com tríduo eucarístico e adoração. Dentre os diversos pedidos e preces, à proteção pelo governo do país.

24 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).