Celebração no Dia do Trabalhador reúne fiéis em paróquia de São João del-Rei

No Dia Internacional do Trabalho, milhares de brasileiros recorrem a São José Operário para fazer pedidos ou agradecimentos. Através da intercessão do santo, muitos buscam driblar a crise e conquistar uma vaga no mercado de trabalho. Em São João del-Rei não foi diferente. A paróquia dedicada ao santo, no bairro Tijuco, recebeu um grande número de pessoas para o dia maior da festa.

Segundo o pároco, padre Vinícius Campos, São José deve servir de modelo não só na caminhada de fé, mas no trabalho diário. “Devemos ser honestos e trabalhar com honestidade, em promoção da vida. Só conseguiremos dedicar nosso serviço a Deus se estivermos fazendo com amor”, explica o sacerdote durante sua homilia.

Na vasta programação, os fiéis puderam levar ás ruas, em procissão, a imagem do pai adotivo de Jesus, além de participar de diversas celebrações de missas durante todo o dia. Foram muitas as homenagens ao padroeiro dos trabalhadores. “Minha devoção vem de família. Lembro da minha avó fazendo as homenagens. Via a emoção das pessoas e me emocionava junto delas. São 40 anos de história e não podemos deixar morrer a tradição. Sou muito grato a ele (São José) pelas minhas conquistas. Sei que fiz pouco diante do muito que ele me intercede”, afirma o devoto Victor Carvalho que se preparou durante toda a semana para a passagem da imagem em frente à casa de sua família.

Helen Silva fez diferente. Vestiu o pequeno Yan Gabriel, de 02 anos, com os mesmos trajes do santo. Uma forma de agradecimento, classifica. “Fiz uma promessa e fui atendida. Clamei pela saúde do meu filho”, explica. Além de Yan, Peterson, de 04 anos, também estava caracterizado. O desejo veio da própria criança, segundo o pai. “Ele viu a imagem e queria vestir igual. Não hesitamos. Mandamos confeccionar logo uma roupa parecida”, descreve o aposentado Francisco Nonato.

Após a procissão houve benção do Santíssimo Sacramento e canto do Te Deum laudamos no interior da Igreja matriz.

COMPARTILHAR
22 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).