Diocese inicia festa em honra a padroeira nesta quarta-feira, 03

Foto: Marcos Luan

A devoção a Mãe de Jesus é muito visível na região pela quantidade de Capelas, igrejas e Grutas dedicadas a Ela nos seus diversos Títulos. Dentre estes, foi escolhido o de Nossa Senhora do Pilar para ser a Padroeira da Diocese e também da cidade de São João del-Rei.

Segundo a tradição espanhola, umas das primeiras aparições de Nossa Senhora se deu ao apóstolo Tiago, quando este evangelizava a Espanha. Maria, que vivia em Éfeso, estava presente em Saragoça, para animar o apóstolo na evangelização. Os espanhóis têm um amor e uma devoção muito grande a sua imagem colocada em cima de uma coluna (ou Pilar). A Virgem do Pilar é invocada como refúgio dos pecadores e consoladora dos aflitos.

Tamanha devoção chegou ao Brasil em 1690 e está presente até hoje em cidades do interior do Rio de Janeiro e Minas Gerais, como São João del-Rei.

Festejada no dia 12 de outubro, a data reúne centenas de fiéis na Catedral Basílica para fazerem suas preces e agradecimentos. Celebrações de missas, procissão e bençãos especiais marcaram as comemorações que tem início nesta quarta-feira, 03.

Este ano a festa tem como tema “Ano Nacional do Laicato – na Escola de Maria, a Virgem do Pilar, aprender a ser sal da terra e luz do mundo”, e contará com a presença dos padres Odair Carvalho, Claudir Trindade, Vinicius Idelfonso e Alisson Sacramento, para conduzir as reflexões do novenário. Veja:

23 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).