Diocese promove tarde de formação bíblica e destaca figura leiga de Nhá Chica

Para encerrar a programação temática do mês da Bíblia, a Comissão Diocesana de animação Bíblica promoveu no ultimo sábado, 29, no Salão Paroquial da Paróquia Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, uma tarde de formação e estudo sobre o tema “Para que n’Nele nossos povos tenham vida”, proposto pela CNBB. O evento contou com a participação de 85% das paróquias e foi ministrado por padre Danival Milagres Coelho.

Segundo o animador diocesano, padre Silvio Firmo, a ideia surgiu no inicio do ano com o objetivo de unir as paróquias em formação bíblica, suscitando uma animação na área teológica e possibilitando uma formação do leigo. “A importância dele é a unidade das paróquias e a possibilidade de  fortalecer muito esse trabalho em nossa Igreja, explica.

O sacerdote na Arquidiocese de Mariana, padre Danival reuniu os participantes e falou sobre a Bíblia, desde a definição até um aprofundamento mais detalhado do livro da Sabedoria. O momento foi de interação, partilha de conhecimentos e estudo.

Mestre em Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana e especialista na área de visão bíblica, ele partilhou seus conhecimentos e ganhou muitos elogios por parte dos participantes. “Foi um encontro muito bom, produtivo, que possibilita uma aproximação maior com Deus e uma conscientização da importância da Palavra como um compromisso cristão, junto à nossa igreja”, destaca o seminarista Ronan Costa Silva.

A programação contou ainda com orações, sorteio de brindes e confraternização. Segundo o administrador diocesano, padre Dirceu Medeiros, o momento também foi de celebrar o Ano do Laicato. “Nós queremos homenagear os leigos pelo trabalho e emprenho para com os trabalhos na diocese. Tantos se oferecem com zelo e dedicação para nossa Igreja”.

Para destacar a temática o sacerdote convidou os representantes do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) do Campo das Vertentes para falar sobre um projeto que estimula a fé e a cultura no caminho devocional de Nhá Chica. “Impossível não falar do Leigo e não lembrar de Nhá Chica, nosso grande exemplo que a santidade é para todos”, destaca padre Dirceu.

A ideia do projeto é trabalhar as 12 virtudes de Nhá Chica com a comunidade além de propor uma nova experiência aos peregrinos que passem pelo trajeto entre o distrito do Rio das Mortes e Baependi, na Diocese da Campanha. “É um projeto técnico mas que envolve muita fé. Eu não conhecia Nhá Chica e hoje, fico emocionada em realizar tal trabalho, explica Glaura Figueiredo, analista técnica do Campos das Vertentes.

“O povo mineiro é muito religioso, fervoroso, principalmente essa região de São João del-Rei. É um projeto que está sendo iniciado, mas que já precisa do apoio de todos. Nhá Chica é envolvente, também já fui agraciada com sua intercessão”, destaca Mônica Stela, representante do Sebrae Minas.

Além de leigos e palestrantes o encontro contou ainda com a presença de 09 padres.

23 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).