Dom Antônio Carlos Mesquita

12Nasceu em 13 de outubro de 1923, em Itapecerica – MG. Filho de Carmelo Mesquita e Maria Blandina Mesquita e irmão de Josafá Barbosa Mesquita, Carmelo Barbosa Mesquita, José Barbosa Mesquita, Maria Carmelita Mesquita, Efigênia Mesquita, Amair Mesquita Melo, Alcir Mesquita, Francisco Rabelo Mesquita, Clélia Mesquita, Maria de Lourdes Mesquita, Geralda Mesquita, Pedro Américo Mesquita, Cassiano Mesquita, Carlos Gomes Mesquita, Sebastião Ultimo Mesquita, Hélia Mesquita Belém e Plínio Mesquita, Ildeu Mesquita.
Time do Coração: União Esporte Clube e Cruzeiro Esporte Clube.
Foi batizado na Igreja Matriz de São Bento em 10 de novembro, pelo Monsenhor Cerqueira, tendo como padrinhos Josafa Barbosa Mesquita e Dona Santinha Rabelo.
Crismou-se em 27 de Março de 1924, por mãos de Dom Antônio dos Santos Cabral.
Aos 7 anos, em 1 de Novembro de 1930 recebeu das mãos do Monsenhor Vicente Soares sua primeira comunhão.
Frequentou o Grupo Escolar “Severo Ribeiro” tendo como professoras Rosa Branca Rabelo e Ofélia Ribeiro de Castro.
No inicio do 4º ano primário, foi para o Seminário Menor de Belo Horizonte, recebendo a Batina das mãos de Mons. Leão Medeiros leite, no dia 28 de Março de 1936.
Frequentou o Seminário Menor de 1936 a 1941.
Em 1942, inicia o estudo da filosofia e em 1944 recebe a primeira Tonsura Clerical.
As Ordens Menores recebeu-as em 1945 e 1946. O Subdiaconato, em 8 de dezembro de 1947.
Ordenou-se Presbítero pela imposição das mãos de Dom Cabral que lhe conferiu todas as Ordens Sagras.
A Ordenação Sacerdotal foi na Igreja de Nossa Senhora das Dores, Floresta, em Belo Horizonte no dia 8 de dezembro de 1947.
Aos 24 anos celebra sua primeira missa na Capela do Educandário São João Batista, das Irmãs Batistinas, no bairro Floresta.
Em 14 de dezembro de 1947, celebra sua primeira missa solene na Matriz de São Bento, em Itapecerica, sendo pregador Monsenhor leão Medeiros Leite e com música composta por seu pai.
Nos anos de 1948 e 1949, foi secretário particular de Dom Cabral, Capelão do Cenáculo e ainda Professor no Seminário Coração Eucarístico de Jesus. Lecionou: Religião, Pedagogia, Liturgia, Ação Católica, Apologética e Português Histórico.
Em 1950, foi nomeado Diretor Espiritual do Seminário menor de capelão do Pensionato Nossa Senhora Auxiliadora das Irmãs Salesianas.
Em 1951, pediu a Dom Cabral para fazer uma experiência de pastoral rural. Foi então nomeado Vigário de São Sebastião do Oeste, onde terminou a construção da Igreja.
Em agosto de 1953, foi nomeado Cooperador de Nossa Senhor do Pilar em Nova Lima. Ocupou neste ano e até 1954 os cargos de Diretor Espiritual dos Seminários Maior e Menor de Belo Horizonte.12.1Em 1955, foi nomeado Vigário da Paróquia de Santa Quitéria, em Esmeraldas. Onde constrói a Igreja Matriz, realiza obras assistenciais, exerce o magistério e dirige o ginásio local Santa Quitéria.
Ali ficou até 1964, quando foi nomeado Vigário da Paróquia de Santa Rita de Cássia, no Bairro São Pedro, em Belo Horizonte.
Em 8 de Abril de 1974, o Papa Paulo VI nomeou Bispo Coadjutor e Administrador Apostólico daquele que o enviara ao Seminário e de quem recebera a Batina Vermelha de Coroinha, Dom José Medeiros Leite.
Com a morte de Dom José Medeiros Leite aos 6 de Março de 1974, automaticamente passou a ser o 2º Bispo Diocesano de Oliveira.
Sua sagração Episcopal realizou-se em 23 de junho de 1974, sendo Sagrante o Bispo Emérito Dom João de Rezende Costa e como consagrantes os Bispos Dom Serafim Fernandes de Araújo, Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte e Dom Cristiano Portela de Araujo Pena, Bispo Emérito da Diocese de Divinópolis.
Em 21 de dezembro de 1983, o Papa João Paulo II o transferiu de Oliveira para a Diocese de São João del Rei, onde tomou posse solenemente, em 19 de Março deste ano.
Aposentou-se em 1995, mudando-se para Itapecerica onde ficou ajudando na paróquia. Faleceu em 19 de dezembro de 2005 aos 82 anos.