Fiéis saem em procissão para celebrar dia da padroeira de Nazareno

Nazareno amanheceu em festa na última quinta-feira, 08, data em que a Igreja celebra a Natividade de Nossa Senhora. Marcando o ápice do Jubileu na cidade, a programação do dia festivo teve início às cinco horas e contou missas, confissões e procissão.

Logo cedo uma grande fila se formou aos arredores do Santuário. Eram fiéis que aglomeravam para beijar a imagem como ato de veneração. Devotos, de toda a região, aguardavam o momento para fazerem seus pedidos e agradecimentos aos pés da imagem da mãe de Jesus, assim como Rosana Barbosa, que não hesitava em manifestar sua alegria após se ver recuperada de uma delicada cirurgia. “Só tenho agradecimentos”, disse a devota.

Segundo o pároco do Santuário, padre Rondineli Cristino, reconhecer a graça é uma forma de assumir a misericórdia divina. “É necessário reconhecer, acolher e assumir a Misericórdia de Deus na própria vida para que, partindo da experiência pessoal, o cristão possa ser também, promotor da Misericórdia”. Com 152 anos de história, o Jubileu de Nazareno se torna palco devocional para pessoas de todas as idades. “São muitos os devotos que realizam romarias para a festa”, frisa o sacerdote.

Na parte da tarde, uma grande demonstração de fé tomou conta da população. Percorrendo as ruas da cidade, milhares de fiéis saíram em procissão, juntamente com o andor de Nossa Senhora. No trajeto, enfeites, cantigas marianas e fogos manifestavam a fé nazarenense.

Logo após a caminhada, todos se dirigiram ao palco lateral, devidamente estruturado e ornamentado para a celebração da Santa Missa Festiva, presidida pelo bispo diocesano, Dom Célio de Oliveira Goulart. Durante a cerimônia, Dom Célio refletiu o papel de Maria como mãe, escolhida por Deus, destinada a levar as pessoas ao encontro do seu filho Jesus. “Ela é a porta do céu e da salvação. Se fez humilde e pequena, mas através de seu amor e fé conseguiu e consegue alcançar milhares de gerações desde os tempos remotos”, enfatiza.

A celebração contou ainda com a instalação da nova forania da Diocese, dedicada a Nossa Senhora de Nazaré. O novo território diocesano, contará com as paróquias de: Nazareno, Conceição da Barra de Minas, Ibituruna, Itumirim e Itutinga. A programação do dia teve seu desfecho com a missa das 19 horas, com a posse da Mesa Administrativa da Confraria de Nossa Senhora.

O Jubileu em Nazareno se encerra no próximo sábado, 10, com procissão em honra a Santo Antônio. A festa, este ano, teve como tema “Na casa de Nazaré, a Virgem Maria nos apresenta Jesus, o rosto Misericordioso do Pai” e contou com transmissão da Rede Vida de Televisão nos últimos dias de festa.

Fotografias de Cássia Pereira, Helder Ramoas e Rodrigo Augusto (Pascom)

COMPARTILHAR
22 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).