Ibiturunenses festejam padroeiro

Com grande alegria, devotos, visitantes e paroquianos da Paróquia São Gonçalo do Amarante, de Ibituruna, se reuniram no último fim de semana para celebrar o Padroeiro. A data foi marcada por missas, procissões e danças típicas da região: folia, calango e congada.


FESTA DO POVO

Durante todos os dias do novenário as danças tradicionais do povo ibiturunense foram o ponto alto dos festejos. Padres e o povo de Deus soltaram suas vozes para aclamar São Gonçalo e não economizaram no gingado. Destaque deve ser dado ao grande número de visitantes que vão à Ibituruna para rezar e conhecer esta festa que está cada vez maior.

 

DURANTE OS FESTEJOS
Na quarta-feira, dia 25, a Alvorada Festiva anunciou o início do tríduo preparatório para a festa de São Gonçalo. Era o dia de celebrar Nossa Senhora da Consolação, título muito venerado por São Gonçalo e, consequentemente, pelos ibiturunenses. Na quinta-feira a celebração foi dedicada a Santa Terezinha e na sexta à Nossa Senhora Aparecida. No domingo, um dia após a celebração do padroeiro, São Sebastião foi o homenageado, encerrando assim os festejos da comunidade.

 

DIA MAIOR
O grande dia da festa, dia 28, dedicado a São Gonçalo do Amarante começou às 10 horas da manhã com a missa das crianças, e contou com a presença da catequese, acólitos e coroinhas. A celebração foi presidida por padre Admilson Paiva e concelebrada pelos padres Bolivar e Sílvio. No fim da tarde, a majestosa procissão de São Gonçalo ganhou as ruas da cidade.

A festa terminou com a queima de fogos em homenagem ao padroeiro e também com as tradicionais danças.

24 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).