Igreja celebra São Bento nesta terça-feira, 11

Na frente da medalha são apresentados uma cruz e entre seus braços estão gravadas as letras C S P B, cujo significado é, do latim, “Cruz Sancti Patris Benedicti” (“Cruz do Santo Pai Bento”). Conhecida pelos cristãos, a Medalha de São Bento é muito utilizada pelos devotos do santo, cuja a igreja celebra nesta terça-feira, 11.

São Bento dedicou-se à vida de oração, meditação e aos diversos exercícios para a santidade. Nasceu em Núrcia, próximo de Roma, em 480, numa nobre família que o enviou para estudar na Cidade Eterna, no período de decadência do Império.

Diante da decadência – também moral e espiritual – o jovem Bento abandonou todos os projetos humanos para se retirar nas montanhas da Úmbria, onde dedicou-se à vida de oração, meditação e aos diversos exercícios para a santidade.

Depois de três anos numa retirada gruta, passou a atrair outros que se tornaram discípulos de Cristo pelos passos traçados por ele. Foi assim que nasceu o famoso mosteiro de Monte Cassino.

Para São Bento a vida comunitária facilitaria a vivência da Regra, pois dela depende o total equilíbrio psicológico; desta maneira os inúmeros mosteiros, que enriqueceram o Cristianismo no Ocidente, tornaram-se faróis de evangelização, ciência, escolas de agricultura, entre outras, isso até mesmo depois de São Bento ter entrado no céu com 67 anos.

Na paróquia São José, do Tijuco, celebração da Santa Missa às 19 horas e, após, procissão na comunidade São Bento.

Fonte: Canção Nova

 

COMPARTILHAR
Departamento de comunicação