Jubileu de Matosinhos fala sobre “Igreja em Saída” e missão do leigo na comunidade

O Jubileu do Senhor Bom Jesus de Matosinhos tem início nesta quarta-feira, 05, e traz na temática o pedido do Papa Francisco por uma “Igreja em Saída”, assumindo o compromisso de leigo na sociedade. Para reforçar a mensagem, integrantes dos grupos Juventude Missionária e Vinde Vede promoveram na noite de domingo, 02, uma apresentação de abertura.

A dramatização falou sobre a inclusão de pobres, idosos, crianças, deficientes físicos e tantos outros que se encontram marginalizados. “A intenção era propagar a cultura do encontro, da aproximação. Uma Igreja missionária é aquela que acolhe, respeita, valoriza e ama. Não importa qual seja a diferença, somos todos uma única família”, explica a jovem participante Monique Hilary da Silva.

Segundo o pároco, padre José Bittar, a Igreja precisa ser mais solidária, sair do comodismo e ir ao encontro do outro, exercendo o papel de padre, religioso e leigo em meio a sociedade.

Desde 1774, o Jubileu do Senhor Bom Jesus de Matosinhos proporciona aos fiéis momentos de fé, devoção e até mesmo reflexão. A festa, que acontecia simultaneamente ao Jubileu do Divino Espírito Santo, ganhou dedicação exclusiva com a instalação da Paróquia, em 1960.

Este ano a festa se estende até o domingo, 16, e conta com missas, novenário, procissões, carreatas, leilão de gado e almoço festivo. Veja a programação completa:

23 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).