Mês de setembro abre com festa da padroeira em Resende Costa

Setembro chegou em festa na cidade de Resende Costa. O primeiro dia do mês marcou o ápice das festividades em honra a padroeira do município, Nossa Senhora da Penha de França. Missas e procissão fizeram parte da programação.

Conforme costume da comunidade, o dia se iniciou com Alvorada Festiva, na presença da Banda de Música Municipal Santa Cecília, além do repique dos sinos da Matriz. Às 8h da manhã aconteceu a primeira Celebração Eucarística do dia, presidida pelo pároco, Padre Fábio Rômulo Reis.

Às 10h aconteceu a segunda celebração do dia. Presidida pelo resendecostense Padre Adriano Tércio, a Solene Missa Cantada contou com a participação da Orquestra Mater Dei, de Resende Costa, que abrilhantou com sua arte a parte musical da celebração. Em sua homilia, Padre Adriano destacou as virtudes de Nossa Senhora que por meio de seu serviço e disponibilidade tornou-se o amparo e a “rocha firme” para todos os cristãos. Nas palavras do sacerdote, “Maria é alto penhasco, que por meio de sua subida, nos conduz ao cume, que é Cristo”.

Por fim, às 18h aconteceu a missa festiva, presidida pelo bispo diocesano, Dom Célio de Oliveira Goulart, que, após meses em tratamento, veio diante da Virgem da Penha agradecer o dom da saúde e as orações recebidas ao longo de seu tratamento.

A comunidade paroquial de Resende Costa participou em massiva presença nesta celebração, a qual também contou com a presença do bispo emérito, Dom Waldemar Araújo. Animada pelo Coral Anjos de Deus, a cerimônia contou com o entusiasmo de tantos devotos que, aos pés da Virgem da Penha, vieram suplicar e agradecer sua intercessão.

Na homilia, Dom Célio ressaltou a importância de nós enquanto Igreja, comunidade viva, nos unirmos em torno da Mãe de Deus e aprender dela as lições necessárias para convivermos bem em família e em sociedade.

Terminada a celebração deu-se início à procissão luminosa pelas ruas do centro da cidade. Homenageada ao longo de todo o trajeto, a imagem de Nossa Senhora da Penha de França, levada aos ombros pela comunidade, percorreu as ruas da cidade, fazendo memória da Mãe de Deus que caminha junto com a Igreja. Diversos músicos da cidade, bem como a brilhante participação da Banda de Música Municipal Santa Cecília, homenagearam por meio de seus dons a padroeira de Resende Costa.

Na chegada houve homenagens com repique de sinos, fogos de artifícios e os louvores da comunidade prestados à Mãe de Jesus. No interior da Matriz, o Coral Anjos de Deus também manifestou na devoção. Padre Fábio Rômulo Reis, pároco, fez seus últimos agradecimentos ao povo resendecostense e deu a bênção final, encerrando, assim, em mais um ano, os festejos dedicados à Padroeira.

Fonte e fotografias: Pascom Resende Costa

COMPARTILHAR
Departamento de comunicação