Preces, recordações e homenagens marcam Missa de 7º dia de Dom Célio

Na noite da ultima quinta-feira, 25, toda a Igreja Diocesana de São João del-Rei se reuniu, em oração, para celebrar o sétimo dia de falecimento do bispo, Dom Célio de Oliveira Goulart. Em diversas paróquias houve missa e ritos especiais. Na Catedral Basílica do Pilar a celebração foi presidida pelo bispo emérito, Dom Waldemar Chaves de Araújo.

No meio do templo, o Catafalco (uma espécie de andaime) com o quadro do religioso e sua mitra. O momento foi de grande oração e recordação do bispo que faleceu no dia 19 de janeiro, após uma batalha contra um câncer de pâncreas. Em sua homilia, Dom Waldemar falou dos ensinamentos deixados por Dom Célio e a forma que devemos agir a partir de agora.

No final da celebração, o pároco da Catedral, padre Geraldo Magela, manifestou seu carinho para com Dom Célio e destacou seus três pedidos à Deus após a partida do bispo. Ele também enfatizou a figura de Maria na vida do religioso.

Ao final da missa, foi realizada as orações propícias para a celebração e distribuído  um panfleto com a fotografia do saudoso bispo.

Dom Célio de Oliveira Goulart tinha 73 anos e tomou posse como bispo da Diocese de São João del-Rei no dia 17 de julho de 2010. Em sua caminhada colocou em pratica, sempre, o carisma franciscano e seu lema episcopal “A Cruz é a força de Deus”.

22 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).