Mulher, presença marcante na Igreja

A mulher foi criada por Deus para colaborar na obra da criação,para participar da edificação de um mundo mais humano e fraterno.Seja casada ou solteira, como leiga, tem assumido uma missão fundamental na vida eclesial como também social. Força viva comprometida com o Reino , com o encontro com o Cristo. A qualidade de fé, o testemunho, a vivência eucarística impulsionam para o acolhimento do irmão.

Para compreender melhor a missão da mulher na Igreja, é necessário voltarmos sempre a Maria, Mãe e Mestra. Figura feminina que oferece a todas as mulheres as condições da verdadeira vocação, do verdadeiro chamado. Mulher da escuta e do silêncio, do acolhimento e da disponibilidade, da fidelidade e do serviço. Mulher da oração e da contemplação. da humildade e da firmeza.

Como Maria, nós mulheres, leigas comprometidas com as pastorais e movimentos, procuramos contribuir com o desenvolvimento do nosso irmão,com a missão evangelizadora da Igreja, servindo para o crescimento do Reino de Deus.

Chamada a participar da ação missionária, testemunhando nas diversas pastorais, movimentos e ministérios, a mulher com seu carisma cativa, envolve, incentiva, educa. Na catequese, junto às crianças, jovens e adultos, no Ministério Eucarístico,nos grupos de oração, no Ministério da Palavra, nas visitas aos doentes e idosos como sua presença é importante e edificante. Como Maria, você, mulher, faz o outro conhecer o Cristo, apaixonar-se por Ele e tomar a decisão de segui-lo e vivenciar a sua mensagem de amor, verdade, justiça e paz.

Neste 8 de Março, dia dedicado às mulheres, louvemos e agradeçamos ao Senhor porto das as mulheres, jovens, adultas, experientes, leigas comprometidas, engajadas coma causa do Reino.Parabéns, mulher!Deus abençoe o seu trabalho e te dê forças espirituais, coragem, ousadia para exercera sua nobre missão, sendo Fermento na massa, Sal da terra e Luz do mundo.