Oração, palestra e louvor marcam retiro diocesano do Apostolado

Fotografia: Marcos Luan / Pascom Pilar

A Casa de Pastoral São Tiago acolheu no último fim de semana o Retiro Diocesano do Apostolado da Oração. O evento, ministrado pelo padre assessor, padre João Rodrigues Dantas, contou com momentos de oração, palestras, louvor e adoração.

Dentre os diversos temas propostos, Maria ganhou destaque nas reflexões. Em uma das palestras, foi destacada a pobreza da Mãe de Jesus e seu modelo como cristã. O motivo da escolha? Dom Waldemar Araújo, bispo emérito, destacou na homilia de encerramento. “Jesus traz para nós a Boa Notícia todos os dias. Depende de nós para ouvi-la. Essa era uma das virtudes de Nossa Senhora”.

Além da missa, o evento contou com uma vasta programação, com direito a adoração ao Santíssimo Sacramento, via-sacra e oração do terço.

O Apostolado da Oração é uma organização composta por leigos católicos cuja finalidade é a santificação pessoal e a evangelização. Segundo o estatuto oficial, o grupo “constitui a união dos fiéis que, por meio do oferecimento cotidiano de si mesmos, se juntam ao Sacrifício Eucarístico, no qual se exerce continuamente a obra de nossa redenção, e desta forma, pela união vital com Cristo, da qual depende a fecundidade apostólica, colaboram na salvação do mundo”.

Nasceu num colégio da Companhia de Jesus (de padres Jesuítas) na França e espalhou-se pelo mundo. Trabalha com afinco pela evangelização das famílias, tem uma devoção especial ao Sagrado Coração de Jesus e todos os seus membros rezam diariamente pelas intenções do Santo Padre. Atualmente, reúne cerca de 40 milhões de membros em todo o mundo.

COMPARTILHAR
22 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).