Ordenados, Diocese ganha quatro novos padres neste início de 2018

A Diocese de São João del-Rei ganhou mais quatro sacerdotes neste início de 2018. Pela imposição das mãos de Dom Waldemar Chaves de Araújo, bispo emérito, Elissandro Carvalho, Jorge Fonseca, Plínio Almeida e Samuel Detomi foram ordenados sacerdotes para o segundo grau do sacramento da Ordem: o presbiteral. As cerimônias aconteceram nos dias 27 de janeiro e 03 de fevereiro, nas cidades de Madre de Deus e Santa Cruz de Minas.

Segundo o Catecismo da Igreja Católica, a Ordem é o sacramento graças ao qual a missão confiada por Cristo aos Apóstolos continua a ser exercida na Igreja, até ao fim dos tempos (CIC 1536). Em ambas as cerimônias, Dom Waldemar Chaves de Araújo, conduziu os jovens para os tradicionais ritos do Pontifical Romano: a eleição do candidato; homilia; propósito do eleito; ladainha; imposição das mãos e prece de ordenação; unção das mãos e entrega da patena e do cálice.

“Ordenar novos sacerdotes é bom. É a certeza da multiplicação dos trabalhadores para a vinha do Senhor. Agora, eles estão ungidos, confirmados na fé e na companhia de Deus para trabalhar com confiança”, destaca Dom Waldemar chaves de Araújo. Em uma de suas homilias, o bispo destacou o chamado para a vocação e o compromisso como sacerdote.

Com a matriz de Nossa Senhora Mãe de Deus repleta, os jovens Plínio, Jorge e Elissandro receberam a unção do sacramento no último final de semana de janeiro. Uma novidade, até então, para a Diocese. “É a primeira vez que acontece na Diocese de ordenar três padres na mesma celebração. É bonito ver três jovens que cresceram juntos, na mesma caminhada de fé. É sempre uma alegria a ordenação de novos padres. Deus nunca desiste, ainda chama novos jovens”, explica o pároco, padre Marcio Ferreira.

Os jovens cresceram juntos na cidade. Integram o grupo de coroinhas, receberam os demais sacramentos e despertaram o mesmo interesse vocacional. “Cresci com eles desde os 5 anos. Percorremos juntos essa caminhada. A emoção é grande ver nosso sonho sendo realizado. Ver aquela igreja repleta. Muito feliz com esse momento”, recorda padre Plínio, recém ordenado.

“A emoção é grande. A graça de Deus é capaz de inundar nosso coração, mesmo não tendo mérito necessário para receber tal sacramento. Damos graças a Deus pela confiança neste ministério e pedimos a perseverança na caminhada”, destaca padre Jorge Wilson.

Mas se engana que trilhar o caminho foi fácil. Mesmo acompanhado dos amigos, a jornada também teve suas dificuldades. “A caminhada foi árdua, difícil, mas nunca foi prometido um mar de rosas. Mesmo assim, Deus esteve sempre presente, junto de nós. Agora, mesmo com nossas limitações, o desejo é colaborar para o crescimento do reino de Deus”, destaca padre Elissandro.

Durante a cerimônia, a figura de Dom Célio foi recordada e saudada com gesto de agradecimento. Dom Célio faleceu na madrugada do dia 19 de fevereiro de 2018, após uma luta contra o câncer de Pâncreas. Mesmo acamado o religioso manifestou sua atenção aos jovens e preocupações com as cerimônias, deixando autorizados e encaminhados os preparativos.

Já no último sábado, 03, foi a vez de Samuel Detomi receber o Sacramento da Ordem. Durante a cerimônia, que aconteceu na matriz de São Sebastião, em Santa Cruz de Minas, o jovem recordou a memória de seu pai, a quem dedicou sua ordenação. Dom Célio também foi relembrado pela sua atenção e dedicação com o neo-sacerdote.

Assim, como de costume, a cerimônia também prosseguiu segundo o Pontifical Romano. Samuel foi chamado para a frente e apresentado à assembleia. Realizou sua promessa, prostrou-se diante do altar e recebeu a unção e os paramentos litúrgicos. Em ambas as cerimônias, grande parte do clero esteve presente, assim como sacerdotes de Juiz de Fora e Leopoldina.

“Louvemos e agradeçamos a Deus por nos conceder mais sacerdotes para a nossa Diocese. Que Deus os conserve na fidelidade ao chamado e que possam exercer o ministério com fecundidade apostólica”, expressa padre Alisson Sacrament, reitor do seminário São Tiago. “Fico muito feliz, agradecido a Deus pela força neste trabalho em prol das vocações em nossa Diocese, pela força na missão de formar pastores para o vosso povo”.

23 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).