Padroeira de Lavras e Barroso, Sant’Ana é festejada na Diocese

Muita gente acordou cedo nesta terça-feira, 26, para homenagear Sant’Ana, avó de Cristo e padroeira das cidades de Barroso e Lavras. No dia festivo, missas e procissões marcaram a festa da santa.13775978_1198469403545136_5843253570236959688_n

Em Barroso, o dia contou com a presença do bispo, Dom Célio, que presidiu a a quarta missa do dia. Além da procissão e homenagens dos barrosenses.

13754337_1232218383477750_8363780624030009516_nJá em Lavras, o dia foi marcado por recitação do terço, adoração ao Santíssimo sacramento, confissões, missas e procissões. A celebração solene foi presidida pelo pároco, padre Cristiano.

 

Padre de Lavras faz as saudações e homenagens em festa da padroeira

História

13631595_1198469616878448_5093711508790482859_nSegundo a tradição católica, Ana não tinha filhos e vivia, junto com o marido Joaquim, em Nazaré. Eles eram estéreis e, certo dia, Joaquim se retirou ao deserto para permanecer 40 dias em completo jejum e oração.

Então, dois anjos foram ao encontro dos dois para anunciar que teriam um filho. Assim, ao nascer, Maria foi oferecida ainda na infância ao serviço do templo.

Devido a sua história, Sant’Ana é considerada a padroeira das mulheres grávidas e dos que desejam ter filhos.

 

Fotografias: Pascom Sant’Ana, Marcelo Melo, Pascom Barroso

COMPARTILHAR
22 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).