Pastoral Familiar promove encontro de formação sobre casais de segunda união

A Coordenação Diocesana da Pastoral Familiar promoveu no último sábado, dia 04, a formação para agentes da Pastoral. O conteúdo da formação foi baseado no subsídio “Setor Casos Especiais”, elaborado pela Comissão Nacional de Pastoral Familiar.

O evento aconteceu na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Lavras, e contou com a presença de 220 agentes da pastoral familiar, representando três das seguintes forânias: Nossa Senhora do Porto da Eterna Salvação, Nossa Senhora de Nazaré e Sant’Ana, além dos padre Cristiano Assis, assessor diocesano da Pastoral Familiar, Clayton Nogueira, Marcos Alexandre e Nélio José dos Santos.

Dentre a temática trabalhada foi discutido o “Setor Casos Especiais”, e refletido as formas de acolhida e integração dos casais divorciados, que estão em uma nova união. “É importante esclarecer que a população atendida, pelo ‘Setor Casos Especiais’, está diluída em todo o conjunto de famílias que é objeto de atendimento da Pastoral Familiar. Praticamente toda família, ao menos em um ou outro momento, vive alguma forma de dificuldade que oportuniza o atendimento de Casos Especiais”, explica padre Cristiano.

A dinâmica de apresentação se deu através de momento de espiritualidade, palestras, dinâmica de grupo, espaço para debates e por fim a apresentação dos novos caminhos pastorais e orientações de como estrutura e organizar o “Encontro de Casais, com Jesus Bom Pastor” nas paróquias da diocese. A iniciativa desse trabalho pastoral é fruto das reflexões das assembleias e encontros da Pastoral Familiar, dos documentos da CNBB Regional Leste II e da Exortação Apostólica “Amoris Laetitia”.

A Coordenação da Pastoral Familiar Diocesana ao desenvolver esse encontro formativo cumpre os seus propósitos pastorais de colocar em prática as prioridades: ‘família’ e a ‘formação dos leigos’, que foram escolhidas para ação pastoral da Diocese de São João del-Rei. “Contamos com a ajuda e a acolhida dos párocos, dos casais das paróquias que participam da Pastoral Familiar e dos movimentos para casais, para que juntos possamos conhecer os documentos do magistério da Igreja e acolher, acompanhar, discernir e integrar na comunidade os casais divorciados que vivem uma nova união”, destaca o sacerdote.

23 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).