Ritápolis prepara festejos para Santa dos Impossíveis

Foto: Gabriel Freire

Com o início do Jubileu de Santa Rita de Cássia, a cidade de Ritápolis entra em festa e se prepara para a chegada de romeiros e turistas de toda a região. As festividades se iniciaram na última nessa quinta-feira, 11.

Com ápice no dia 22, segunda-feira, a festa traz em sua programação diversos horários de missa, novenário, carreata e procissões.

Confira a programação:

Programação

Visita da imagem de Santa Rita de Cássia às Comunidades Rurais de Ritápolis

11 de maio – quinta-feira

19h – Santa Missa na Capela de Nossa Senhora de Fátima e, em seguida, Tríduo.

12 de maio – sexta-feira

19h – Santa Missa na Capela de Nossa Senhora de Fátima e, em seguida, encerramento do Tríduo.

 

Novena em honra de Santa Rita de Cássia

Com Maria e Santa Rita, sei em quem pus minha fé.

Haverá bênção de objetos de devoção,de outros, como chaves, e de rosas durante as festividades.

13 de maio – sábado – 1°. Dia da Novena

 

5h30min – Santa Missa na Capela de Nossa Senhora de Fátima. Em seguida, Procissão com a imagem de Nossa Senhora de Fátima em direção ao Santuário de Santa Rita de Cássia.

15h – Santa Missa e Novena.

19h – Santa Missa e Novena solene, com a participação da Comunidade Rural do Ramos.

 

14 de maio – domingo – 2°. Dia da Novena

7h30min – Santa Missa e Novena.

15h – Santa Missae Novena.

19h – Santa Missa e Novena solene, com a participação da Comunidade Rural do Monte Pio e da Paróquiado Senhor Bom Jesus do Matosinhos de São João del-Rei.

 

15 de maio – segunda-feira – 3°. Dia da Novena

15h – Santa Missae Novena.

19h – Santa Missae Novena solene, com a participação da Comunidade Rural de Canoas e da Paróquia de São Judas Tadeu de São João del-Rei.

 

16 de maio – terça-feira – 4°. Dia da Novena

15h – Santa Missa e Novena.

19h – Santa Missa e Novena solene, com a participação da Comunidade Rural da Restinga de Cima e da Paróquia de Nossa Senhora da Conceiçãode Carrancas.

 

17 de maio – quarta-feira – 5°. Dia da Novena

15h – Santa Missa e Novena.

19h – Santa Missa e Novena solene, com a participação da Comunidade Ruraldo Glória e da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Coronel Xavier Chaves.

 

18 de maio – quinta-feira – 6°. Dia da Novena

15h – Santa Missa e Novena.

19h – Santa Missa e Novena solene, com a participação das Comunidades Ruraisdo Redondo e da Cutiae da Paróquia de São Gonçalo do Amarante de Ibituruna.

 

19 de maio – sexta-feira – 7°. Dia da Novena

15h – Santa Missa e Novena.

19h –Santa Missa e Novena solene, com a participação da Comunidade Rural da Restinga de Baixo e da Paróquia de Nossa Senhora da Penha de França de Resende Costa.

 

20 de maio – sábado – 8°. Dia da Novena

15h – Santa Missa e Novena, com a participação da Paróquia de São Sebastião de Santa Cruz de Minas e dos enfermos e dos idosos. Haverá a imposição do Sacramento da Unção dos Enfermos para os que dele necessitarem.

19h – Santa Missa e Novena solene, com a participação da Comunidade Rural do Penedo.

 

21 de maio – domingo – 9°. Dia da Novena

7h30min – Santa Missa e Novena.

15h – Santa Missa e Novena, com a participação da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Ijaci.

19h – Santa Missa e Novena solene, com a participação da Comunidade Rural da Prainha e do Seminário Propedêutico São Tiago da Diocese de São João del-Rei.

 

Dia Maior // 22 de maio – segunda-feira

Dia dedicado à excelsa Padroeira do município de Ritápolis

 

0h – Vigília, homenagem a Santa Rita de Cássiae bênção dos fiéis,no palco.

6h – Alvorada festiva com toques de sinos em toda a cidade e som.

7h – Santa Missa, com a participação das Comunidades de Nossa Senhora de Lourdes e de Nossa Senhora do Rosário.

8h30min – Santa Missa, presidida pelo Exmo. e Revmo. Sr. Bispo Emérito de São João del-Rei, Dom Waldemar Chaves de Araújo, com a participação das Comunidades de São Pedro e São Paulo e de Santo Expedito e São Lázaro.

10h30min – Santa Missa,com a participação da Comunidade de São José.Logo após, leilão de prendas em frente ao Santuário.

13h – Santa Missa, com a participação do Grupo JASC – Jovens Amigos Servos de Cristo.

14h30min – Santa Missa, com a participação da Comunidade de Nossa Senhora de Fátima.

16h – Santa Missa solene concelebrada,presidida pelo Exmo. e Revmo. Sr. Bispo Emérito de São João del-Rei, Dom Waldemar Chaves de Araújo, com a participação da Orquestra Mater Dei, da Paróquia de Nossa Senhora da Penha de França de Resende Costa, transmitida pelas Rádios Sol FM 98.7 e Gabirobas FM 104.9.

18h – Santa Missa solene concelebrada campal,presidida pelo Revmo. Sr. Vigário Geral da Diocese de São João del-Rei, Pe. Dirceu de Oliveira Medeiros, Pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Prados, etransmitida pelas Rádios Sol FM 98.7 e Gabirobas FM 104.9. Em seguida, piedosa Procissão luminosa, percorrendo as seguintes vias e praças: Pça. Tiradentes, R. Bárbara Heliodora, Trav. Bárbara Heliodora, Pça. dos Expedicionários, Al. João XXIII, R. Bahia, Pça. 1º de Março, R. Minas Gerais, R. Pe. Anchieta, R. Dr. João Ribeiro de Souza, Pça. Pres. Tancredo Neves, R. São Paulo, Av. Inconfidência, Trav. Frei Gotardo Boom, R. Pref. Jorge Resende Silva, Pça. Cristo Rei, R. Santa Rita e Pça. Tiradentes.

À chegada, homenagens a Santa Rita de Cássia.

 

23 de maio – terça-feira

18h30min – Piedosa Procissão com a imagem de Santa Rita de Cássia, saindo do Santuário e passando pelas seguintes vias e praças: Pça. Tiradentes, R. Santa Rita, Pça. Cristo Rei, R. Santa Rita e Pça. Tiradentes. Logo em seguida,Santa Missa no Santuário.

 

Sobre a Santa

385349_292266157562064_825889938_nRita nasceu no ano de 1381, na cidade de Cássia. Na infância, manifestou sua vocação religiosa, mas para atender aos desejos de seus pais já idosos, Rita casou-se com um homem de nome Paulo Ferdinando. Seu marido tornou-se violento e agressivo. A tudo ela suportava com paciência e oração.

A penitência e a abnegação de Rita conseguiriam convertê-lo aos preceitos de amor a Cristo. Entretanto, suas atitudes passadas deixaram um rastro de inimizades, que culminaram com seu assassinato, trazendo grande dor e sofrimento ao coração de Rita. Dedicou-se então aos dois filhos ainda pequenos que, na adolescência, descobriram a verdadeira causa da morte do pai e resolveram vingá-lo quando crescessem. Rita pediu a interferência de Deus, para tirar tal ideia da cabeça dos filhos. Se isso não fosse possível, que Deus os levasse para junto Dele.

Em menos de um ano, os dois filhos de Rita morreram, sem concretizarem a vingança. Rita ficou sozinha no mundo e decidiu dar um novo rumo à sua vida. Determinada, resolveu seguir a vocação revelada ainda na infância: tornar-se monja agostiniana. Ela se entregou completamente a uma vida de orações e penitências, com humildade e obediência total às regras agostinianas. Sua fé era tão intensa que na sua testa apareceu um espinho da coroa de Cristo, estigma que a acompanhou durante catorze anos.

Rita morreu no ano de 1457, aos setenta e seis anos, em Cássia. Sua fama de santidade atravessou os muros do convento e muitos milagres foram atribuídos à sua intercessão. Os fiéis a consideram a “Santa das Causas Impossíveis”.

COMPARTILHAR
22 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).