Santo das causas desesperadas é festejado em São João del-Rei

No dia 28 de outubro, os católicos celebraram São Judas Tadeu, um dos doze apóstolos de Jesus Cristo. Conhecido em todo o mundo com o título de Patrono dos aflitos e Padroeiro das causas desesperadas, o santo arrastou centenas de devotos na noite de sexta-feira, pelas ruas de São João del-Rei.

Na paróquia localizada no bairro Caieiras as missas tiveram início logo cedo. Ao todo, cinco celebrações foram realizadas na comunidade. Na última, realizada na parte externa da matriz, os fiéis ficaram atentos a palavra do bispo, Dom Célio, que presidiu o rito eucarístico. Após a missa os fiéis saíram em procissão.

jm010missoesDa varanda da casa do filho, Magda Loiolla acompanhava a passagem do cortejo. Com casa ornamentada, a dona de casa agradecia ao santo o abandono do filho com o vício das drogas. “Minha família toda é devota. Agradeço muito a ele (o santo)”.

Assim como dona Magda, Adélia Aguiar também agradecia pelo pequeno Lucas, que participava da procissão caracterizado como o santo. “Tive seis abortos. Devo a ele o nascimento do Lucas. Ele nasceu no dia 27 de outubro, véspera da comemoração”, relata a jovem com o filho de um ano nos braços.

Após percorrer as ruas do bairro, a imagem do santo retornou a igreja matriz. Padre Geraldo Magela, pároco da Catedral, ficou encarregado de animar a chegada da procissão. Com sua voz firme, o sacerdote pedia as benção de Deus e a intercessão de São Judas.

A programação festiva encerrou com benção do Santíssimo Sacramento e Hino de Ação de Graças.

COMPARTILHAR
22 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).