São-joanenses festejam São José no dedicado ao trabalhador

No Dia Internacional do Trabalho, milhares de brasileiros recorrem a São José Operário para fazer pedidos ou agradecimentos. Através da intercessão do santo, muitos buscam driblar a crise e conquistar uma vaga no mercado de trabalho. Em São João del-Rei não foi diferente. A paróquia dedicada ao santo, no bairro Tijuco, recebeu um grande número de pessoas para o dia maior da festa.

Na vasta programação, os fiéis puderam levar ás ruas, em procissão, a imagem do pai adotivo de Jesus, além de participar de diversas celebrações de missas durante todo o dia. Segundo o pároco, padre Vinicius Campos, foram muitas as homenagens ao padroeiro dos trabalhadores. “Os fiéis abraçaram a causa e celebraram a fé com muito amor e dedicação. Durante todo o grande dia as celebrações foram muito bem participativas. Grande número de fiéis na procissão, momento de fé e emoção. Que através da intercessão de São José possamos colher muitos frutos de graças e bênção”, expressa o sacerdote.

Durante a missa solene, presidida pelo administrador diocesano, padre Dirceu Medeiros, foi recordado a importância da figura paterna de José na vida de Jesus Cristo, assim como seu exemplo de homem justo e trabalhador.

Exemplos estes que são passados desde pequenos, como o pequeno Peterson, de 05 anos, caracterizado como o santo. O desejo veio da própria criança, segundo o pai. “Ele viu a imagem e queria vestir igual. Não hesitamos. Mandamos confeccionar logo uma roupa parecida. Já é a segunda vez que ele veste”, explica o aposentado, Francisco Nonato.

Fogos, toalhas nas janelas, chuva de papel picado, foram muitas as manifestações devocionais ao santo. Maria do Rosário, por exemplo, dedica a preparar a fachada da casa há 40 anos. Segundo ela, é uma forma de agradecer ao santo as intercessões recebidas. “Esse costume começou com minha mãe e pretendo, junto com minha família, manter essa tradição. Sei que ele (São José) está sempre pertinho de nós. Senti isso quando minha mãe faleceu e confirmo isso todo o dia. Recebo muitas graças”. Além da decoração, a cabeleireira confeccionou bandeirinhas e distribui para todos os participantes. “Foi lindo ver o colorido para São José”, expressa.

Na chegada do cortejo, padre Geraldo Magela recepcionou a imagem com preces e orações. O sacerdote falou da importância do leigo na Igreja e reforçou a importância do exemplo do santo para os cristão. A programação terminou com benção do Santíssimo Sacramento e canto do Te Deum laudamosno.

23 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).