Setor Juventude realiza segunda Assembleia Diocesana

O Setor Diocesano de Juventude realizou no último fim de semana, no Recando sagrado Coração de Jesus, em Lavras, a II Assembleia para lideranças juvenis. O evento contou com representantes de quase toda Diocese.

Inspirados no tema “Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia” (Mt 5, 7), os participantes puderam vivenciar momentos de oração, estudo e partilha. “A Assembleia tem o caráter consultivo e deliberativo, avaliando todo caminho e processo do Setor Juventude em sua organização e linhas de ações a serem seguidas. Essa segunda edição foi um sucesso. Fez valer seu objetivo, sendo espaço de comunhão entre toda juventude da diocese, em seus grupos e movimentos, respeitando a diversidade de carismas e expressões.”, explica o atual coordenador do setor, Lucas Eduardo Lara.

Logo no início do evento padre Roberto Modesto, assessor da juventude, conduziu o primeiro momento de formação, retomando ao Documento Diocesano da Juventude. Em sua fala, o sacerdote explicou a formação do setor, a importância da participação de todos os carismas e a atuação na região episcopal. “O Documento de Caracterização e Funções do Setor Juventude de nossa diocese norteia o caminhar desta dimensão dentro da igreja. De tempos em tempos precisamos tê-lo tão somente à nossa frente para ser avaliado, retificado e ratificado, para melhor atender às demandas juvenis e suas necessidades que sempre estão se renovando”, destaca Modesto.

Ainda, segundo o sacerdote, uma nova edição do material sairá em breve, com atualizações. “A nova edição será feita com as modificações sugeridas pelos jovens presentes na assembleia”.

Além dos momentos de estudo, o evento contou ainda com celebrações de missa, adoração, partilhas, roda de conversa e claro, muita animação. Uma oportunidade para quem participou, assim define o jovem Othon Farjado, de Madre de Deus de Minas. “A II Assembleia teve um grande valor para mim, pois proporcionou novas experiências e mostrou a bela autonomia que nós jovens temos dentro da diocese. Sem dúvida, é uma grande forma de impulsão da Juventude através dos grupos e movimentos”. Para o lavrense Anderson Felipe, o evento possibilitou algo ainda maior: a união. “Foi um momento forte de união entre nós coordenadores. A troca de experiência é sempre muito valida”, acrescenta.

Antes de terminar a missa de encerramento, presidida pelo bispo diocesano, Dom Célio Goulart, uma surpresa: a nomeação do novo coordenador do Setor Diocesano de Juventude. “É com muita alegria que recebi essa missão. Inclusive com espanto, por saber que não sou digno de tamanha responsabilidade eclesial. Leio este fato como a ação misericordiosa de Deus para comigo, que mesmo na minha pequenez sempre confia grandes atribuições”, explica Pedro Augusto que assume a coordenação em janeiro de 2017. “Darei continuidade a um belo percurso que estamos percorrendo desde a visita da Cruz e do Ícone da JMJ, começado pela Sabrina Carvalho e continuado pelo Lucas Lara. Juntos, jovens, Padres e Bispo, desejo um caminho de fraternidade, de amor, de confiança entre nós. Tenho certeza de que será um trabalho realizado na comunhão, na fraternidade e na unidade da diversidade juvenil”, ressalta.

A próxima assembleia da juventude será em 2019. Até lá, eventos de espirituais, formativos e comemorativos prometem movimentar a agenda juvenil.

COMPARTILHAR
22 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).