Tem início hoje o VII Congresso de Pastoral Familiar do Regional Leste II, na cidade de Lavras

O ano de 2015 pode ser considerado como o ano em prol da Família, uma vez que acontecerão Encontros, Assembleias, Sínodo da família e Congressos, de grande importância, que vão orientar os trabalhos das Pastorais Familiares de todas as dioceses.

11836864_1004707096228881_852575358019650764_n

Nos dias 22 a 27 de setembro, o Papa Francisco participou juntamente com as famílias do mundo inteiro do 8º ENCONTRO MUNDIAL DAS FAMILIAS, na Filadélfia, com o tema de trabalho: “O AMOR É NOSSA MISSÃO: A FAMILIA PLENAMENTE VIVA”. Vale relembrar que o evento foi criado em 1994, por São João Paulo II, com o objetivo de reforçar os laços sagrados da família em todo o mundo. O Encontro acontece a cada três anos. O Pontifício Conselho para a Família já organizou os Encontros Mundiais em Roma, Itália (1994), Rio de Janeiro, Brasil (1997), Roma, Itália (2000), Manila, Filipinas (2003), Valencia, Espanha (2006), Cidade do México, México (2009) e em Milão, Itália (2012). O Presidente do Conselho Pontifício para a Família, D. Vincenzo Paglia,  sublinhou a estreita ligação entre o evento do final de setembro nos Estados Unidos e o Sínodo Ordinário sobre a Família.

A 14ª ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA DO SÍNODO DOS BISPOS vai ter lugar no Vaticano entre os dias 4 a 25 de outubro, com o tema “A VOCAÇÃO E A MISSÃO DA FAMÍLIA NA IGREJA E NO MUNDO CONTEMPORÂNEO”.

As propostas e questões centrais da reunião consultiva de episcopados católicos estão presentes no documento de trabalho (Instrumentum Laboris), apresentado após consulta aos católicos de todo o mundo, na sequência da assembleia extraordinária de 2014. O documento procura superar a aparente divisão entre “doutrina” e “misericórdia” que marcou alguns dos debates, afirmando que “a misericórdia é verdade revelada”.

Para a Igreja, trata-se de partir das situações concretas das famílias de hoje, todas necessitadas de misericórdia, a começar pelas que mais sofrem, ressaltando a importância das famílias na sociedade e na Igreja.

A família é o pilar da sociedade – diz o documento – que coloca em evidência o fato da necessidade da existência de políticas adequadas que apoiem os núcleos familiares. O Evangelho da Família, que inclui a defesa da “indissolubilidade” do Matrimônio, é proposto como um “ideal de vida”, apesar de todas as dificuldades sociais e culturais.

a81751f4a6586e42eb6f94f422967338

Outros temas a serem debatidos serão: situação dos divorciados recasados, a nulidade matrimonial, a juventude, os idosos, os viúvos, os deficientes, a paternidade responsável, a valorização da mulher, a crise demográfica e a “revolução biotecnológica” no campo da procriação, bem como o número de “abortos e esterilizações forçadas”, entre outros.

Todas as dioceses são convidadas a oferecer serviços de “informação, aconselhamento e mediação” na Pastoral Familiar. Os caminhos de integração pastoral deverão, contudo, ser precedidos de um “oportuno discernimento” e realizados segundo uma lei de “gradualidade” que “respeite a maturação das consciências”.

Em relação aos trabalhos do Sínodo, o Papa Francisco sustenta que os trabalhos têm de decorrer com “liberdade”, porque não é “uma conferência”, mas um “espaço protegido, no qual o Espírito Santo pode trabalhar”.

O documento de trabalho conclui com uma chamada de atenção para o Jubileu da Misericórdia que terá início no próximo dia 08 de dezembro, à luz do qual se coloca este Sínodo.

Outro acontecimento muito aguardado pela Pastoral Familiar é a realização do “VII CONGRESSO DE PASTORAL FAMILIAR DO REGIONAL LESTE II” que acontecerá nos dias 16, 17 e 18 de outubro, em nossa querida cidade de LAVRAS-MG, na UNILAVRAS, com o tema: “O AMOR É A NOSSA MISSÃO – ESTE É O MEU MANDAMENTO: AMAI-VOS UNS AOS OUTROS ASSIM COMO EU VOS AMEI”.

11863382_669073983229093_8812737335292147504_n_resende_costa123

É importante salientar que esse evento é de responsabilidade da Diocese de São João Del Rei, que engloba 4 foranias: Lavras, São João Del Rei, Prados e Andrelândia, totalizando 40 paróquias. A Equipe Diocesana da Pastoral Familiar é composta pelo Bispo Dom Célio, Padre Antão Roberto (Pároco da Paróquia São Sebastião), pelo casal Diocesano, Gil Ney e Cristina, e o casal forâneo, Mylene e Cacá, que são os responsáveis pela realização deste Congresso.

O Regional Leste II é composto pelas 32 dioceses e arquidioceses dos Estados de Minas Gerais (28) e Espírito Santo (04). Dom Célio de Oliveira Goulart, além de bispo da Diocese de São João Del Rei, é o bispo referencial para a Comissão Vida e Família do Regional Leste II.

A Diocese de São João Del Rei foi convidada a realizar o VII Congresso de Pastoral Familiar do Regional Leste II e a cidade de Lavras foi escolhida para sediar o mesmo. Na realização desse Congresso, contamos com o apoio das 5 Paróquias de Lavras (Paróquia Sant’Ana, Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, Paróquia São Sebastião, Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Paróquia Nossa Senhora Aparecida) e com uma Equipe de trabalho de 160 pessoas formada pelos padres e leigos dessas 5 paróquias, realizando, assim, um trabalho de unidade e comunhão. São voluntários que não medem esforços para que o Congresso transcorra da melhor maneira possível, sempre acreditando que tudo que é feito com amor e em prol das famílias dará frutos benéficos para toda a sociedade.

Fonte:A Voz de Sant’Ana

COMPARTILHAR