Tradição Cristã: A fabricação e o significado do Círio

Muitos são os símbolos da fé cristã, mas um dos mais importantes é o Círio Pascal, que representa a Luz de Cristo. O Círio é uma grande vela, adornada com a cruz, que representa a redenção. Ele é também “decorado” com outros elementos durante a Celebração da Luz, na Vigília Pascal, quando o sacerdote realiza a bênção do fogo.

Antes de ser aceso, o Círio representa o Cristo morto. O sacerdote faz uma cruz no seu centro para configurá-lo a Jesus Cristo. Em seguida ele grava o Alfa e o Ômega (primeira e última letras do alfabeto grego), para indicar que Cristo é o princípio e o fim de todas as coisas. Por último grava-se os números do ano em curso, para significar que Cristo vive hoje para nós.

Durante a Vigília Pascal, na procissão de entrada, se canta por três vezes a aclamação ao Cristo: “Eis a Luz de Cristo. Demos graças a Deus”, enquanto progressivamente vão se acendendo as velas do presentes e as luzes da Igreja. Cristo é a Luz do mundo.

Esse Círio será aceso durante todas as Celebrações do Tempo Pascal. Ao término do Tempo Pascal, convém que se guarde o Círio ao lado da Pia Batismal. Ele será aceso ao longo do ano nas Celebrações do Batismo e nas Celebrações do Crisma.

23 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).