Vocação, um chamado que vem da criação

A palavra vocação vem do latim vocatio, vocationis e significa chamamento, ato de chamar (vocare) ou escolher, que supõe disposição ou aptidão inerente para algum ofício.  Para uma autêntica função profissional, não basta o querer pessoal ou vontade de outrem, pois, o chamado de cada pessoa depende de sua aceitação livre e de uma análise através de estudos e orientações dos formadores para cada atividade ou profissão.  Assim, entendemos que vocação é chamado e envio para exercer um ofício.  Aliás, Deus Criador chama sempre a Sua criatura para realizar alguma atividade, pois, o ser ou existir supõe uma ação.

Etimologicamente, a palavra vocação significa um chamado e uma resposta para realizar alguma ação, para a qual Deus Criador e Pai nos criou e enviou.  São características da escolha, o chamado e o envio para uma missão, a gratuidade de Deus e a liberdade de escolha do homem e da mulher, para realizar com responsabilidade uma determinada vocação. Daí a necessidade de uma orientação vocacional dos pais e educadores, para uma autenticidade de cada vocação com suas próprias características.  Pois, não existe chamamento só por uma revelação mística ou por uma circunstância qualquer.

Eis porque toda e qualquer vocação é um dom gratuito ou presente de Deus que nos criou e nos chamou para a vida em plenitude.  Vivemos nas gerações passadas e presentes, preparando as gerações futuras com um pouco do passado vivendo em nós.

Sendo a vocação um dom gratuito, presente de Deus, chamado para uma missão, este chamado é um convite de Deus supõe e merece uma resposta livre do homem ou mulher, Sua imagem e semelhança. Muitas e variadas vocações existem no caminho da vida humana e cada vez mais se multiplicam as criativas invenções segundo as necessidades do elemento humano.  Por isso, muitos trabalham, pesquisam e estudam vocações que no início são apenas um sonho, uma inclinação ou atração curiosa para realizar alguma função.

Depois de algum tempo de amadurecimento pela educação e formação, o vocacionado escolhe uma determinada vocação, atividade ou profissão para começar um processo de preparação específica.  Uma vez preparado e formado, o candidato se põe a caminho, respondendo o chamado de Deus no serviço ou missão escolhida, buscando sua plena realização vocacional.  Sem os devidos cuidados de preparação na escolha da profissão ou serviço, só traz prejuízos, decepções e infidelidades como costuma acontecer no magistério, na política, na arte, na administração, no direito, na medicina, no sacerdócio e na engenharia. Todas a vocações na vida de leigos ou de consagrados e ordenados, são formas de dizer “Sim” a Deus e a Seu povo a quem devemos servir, como os talentos recebidos.

Como presente ou dom, a vocação é também um serviço precioso que merece resposta positiva ou aceitação e envio com doação total de si mesmo.  É o que acontece em muitas vocações de disponibilidade plena para servir a Deus e aos semelhantes o dom total na missão. Aliás, toda e qualquer vocação é um misterioso dom de Deus, no qual não se ouve a Sua voz e nem se vê a Sua face, mas sente-se Seu chamado e Envio para um serviço leigo natural e espiritual ou para um serviço religioso e sobrenatural como sacerdócio nas três dimensões: Diaconal, Presbiteral e Episcopal.

Pelo Batismo que nos insere numa comunidade eclesial, somos chamados à santidade ou perfeição, ouvindo Jesus dizer: “Sede perfeitos como nosso Pai do céu é perfeito!” Deus Criador e Pai, com Seu Filho Jesus e com o Espírito Santo, nos faz Comunidade do Seu povo, para testemunhar o Seu Reino de Verdade, de Justiça, de Amor e de Paz”.  Portanto todo e qualquer ser humano, é chamado e enviado por Ele para exercer uma função ou missão.  Por isso é que biblicamente, a vocação é um chamado e um envio para determinada missão como se vê no profeta Isaías 6,8 “Ouvi a voz do Senhor que dizia:”  Quem hei de enviar? Quem irá por nós? Ao que respondi: Eis-me aqui, envia-me a mim.”  E nos Evangelhos, Jesus chama e envia dizendo:  “Vem e segue-me!”  Lac 18, 22 – “Ide e fazei discípulos meus” Mt 28, 19 – “Ide por todo o mundo , proclamai o evangelho a toda  criatura” Mc 16,15.

Deus Uno e Trino, que nos chamastes e enviastes pelos caminhos da vida, dai-nos coragem e força espiritual para sermos fiéis e perseverantes nas tarefas para o bem do vosso povo, como verdadeiros discípulos e missionários sob a proteção de vossa e nossa Mãe Maria Santíssima.

COMPARTILHAR