24º Domingo do Tempo Comum

Foto: medium.com

Mc 8,27-35

 “Se alguém me quer seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga”

O texto do evangelho deste domingo é retirado de Mc 8,27-35 e pode ser dividido em duas partes. Na primeira parte, Pedro confessa que Jesus é o Messias esperado por Israel; na segunda, Jesus explica aos discípulos que a sua missão messiânica deve ser entendida à luz da cruz.

Na primeira parte do evangelho Jesus busca saber qual é a opinião das pessoas a respeito dele. O senso comum entende que Jesus está ligado ao passado. Não percebem a sua novidade, a sua originalidade. Reconhecem que Jesus é um homem convocado por Deus e enviado ao mundo com uma missão – como os profetas do Antigo Testamento.

A opinião dos discípulos a respeito de Jesus vai além daquilo que pensava o senso comum. Pedro, porta-voz dos discípulos, resume o sentir da comunidade do Reino na expressão: “Tu és o Messias”

Na segunda parte do nosso texto (31-35), Jesus anuncia que a cruz está em seu horizonte e que ele deverá sofrer muito. Pedro não aceita a fala de Jesus e se opõem contra a fala de Cristo. Na mentalidade de Pedro a missão do “messias, Filho de Deus” é uma missão gloriosa e vencedora na qual a vitória não pode estar na cruz e no dom da vida.