9ª Semana Teológica possibilita leigos a conhecer melhor a missão da Igreja e aprofundar a fé

Termina hoje na Paróquia São Francisco a 9ª Semana Teológica, uma oportunidade da igreja em qualificar agentes de forma sistemática para os vários serviços nas comunidades, proporcionando aos participantes uma maior articulação entre a fé e seu compromisso social, ministerial, missionário e transformador.

Este ano o evento abordou a temática proposta pelo Papa Francisco para o Mês Missionário Extraordinário: “Batizados e Enviados: a Igreja de Cristo em missão”. “É um momento de se apropriar de um tema ligado a caminhada da Igreja e enriquecer a fé, aprimorando o aprendizado que tivemos quando criança, na catequese. É dar razão à nossa fé e esperança”, explica Édson Ribeiro, um dos organizadores do evento.

Durante a abertura da semana temática, Dom José Eudes, bispo de São João del-Rei, falou da importância dos leigos na caminhada da diocese, reforçando o despertar para o serviço de uma Igreja em saída.

Ao longo de 4 encontros os participantes puderam trabalhar temáticas como o o batismo, a missão do leigo, as experiências Ad Gentes e o exemplo de São Francisco. Todos guiados por palestrantes distintos entre religiosos, teólogos e leigos.

Segundo frei Arlaton Luiz Soares de Oliveira, um dos palestrantes, o cristão deve testemunhar Jesus Cristo, configurando-se a Ele. “A Igreja tem a missão de anunciar o Reino de Deus a todos os povos. Essa missão é dada a todos os cristãos que pela força do batismo os impelem ao compromisso”, explica o religioso se fundamentando a constituição dogmática Lumen Gentium.

Já padre Leonardo Louro Valle falou sobre a missão Ad Gentes. Segundo ele, no coração da Igreja está a paixão pela missão. “A missão Ad gentes é a maneira de cumprirmos o mandato de Jesus de fazer de todos os povos discípulos d”Ele. Essa missão visa atingir locais mais distantes em que a Palavra de Deus dificilmente é proclamada devido as distancias e transportes. O missionário deve ser desapegado das coisas a fim de cumprir bem a missão que lhe é dada”, conclui.

Participando pela quarta vez, Ivânia de Carvalho Moura não se arrepende em deixar o serviço de lado e dedicar parte do seu tempo para o estudo teológico. “Essa experiência me proporciona uma maior participação na comunidade. A gente não compreende tudo apenas com as homilias da missa. Precisamos buscar e aprofundar o conhecimento”, explica.

As aulas se findaram na quinta-feira, dia 07, com as palavras de Frei Francisco sobre o trabalho franciscano na Terra Santa. Nesta sexta-feira está prevista a Celebração pela Paz, no adro da igreja São Francisco de Assis, para a cerimônia de conclusão. O eventos erá realizado pela primeira vez na programação.

Fotos: Edson Maximo

24 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).