Apac de São João del-Rei acolhe Jornada da Esperança com carreata e missa festiva

A Associação de Assistência aos Condenados (APAC) de São João del-Rei recebeu nesta terça-feira, 17, a Cruz de Franz de Castro. Para marcar a passagem do símbolo pela região, houve uma carreta pelas ruas da cidade. A programação contou ainda com a celebração da missa, presidida pelo bispo diocesano, Dom José Eudes Campos do Nascimento.

A “Jornada da Esperança”, como é denominada, foi lançada no dia 11 de setembro de 2020 pela Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados – FBAC, instituição que congrega as Associações de Proteção e Assistência aos Condenados – APACs. O objetivo é celebrar os 40 anos do Servo de Deus e Mártir, Franz de Castro Holzwarth.

Franz de Castro nasceu em 1942, em Barra do Piraí/RJ. Advogado dedicado aos valores cristãos e ao cuidado com o próximo, é um dos fundadores da metodologia APAC, ocupando a vice-presidência da APAC-mãe em São José dos Campos/SP, em 1975. Foi morto em 14 de fevereiro de 1981, quando intermediou uma rebelião no presídio de Jacareí/SP. Tomando o lugar do refém, teve seu carro baleado com mais de 30 tiros.

Sobre o evento

Com alegria e reflexão, a carreata foi recebida na sede da Apac com apresentação musical da Banda Municipal de São João del-Rei, além de repique de sinos, fogos e balões. O Coral de recuperandos da APAC Masculina e a banda do regime Fechado também fizeram apresentações.

A programação seguiu com missa festiva, presidida pelo bispo diocesano, Dom José Eudes Nascimento, e concelebrada por diversos padres como o padre Dimas, da Diocese de Mogi das Cruzes e idealizador do movimento, o vigário geral da Diocese de São João del-Rei, padre Geraldo Magela da Silva, Frei Francisco e Frei Paulo, ambos da paróquia São Francisco de Assis, e o padre Valdir, da Diocese de Botucatu.

“Ver o Franz ser aplaudido, agraciado, homenageado aqui na bela São João del-Rei é uma graça especial. É um obra de Deus. E também um chamado para todos nós. Porque essa é uma obra de evangelização. É uma obra que tem como finalidade última anunciar que Deus é amor, é misericórdia, perdão e compaixão (…) e aqui na APAC a gente pode tocar, apalpar, o perdão a misericórdia, resgatando vidas e construindo esperança, por isso Jornada da Esperança”, destacou padre Dimas.

A Jornada da Esperança deve passar por vários estados até o dia 14 de fevereiro de 2021, data do martírio de Franz de Castro. O percurso se conclui na cidade de Itaúna/MG.

Informações: APAC SJDR
25 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).