Assembleia do CONSER reflete sobre Igreja e Mineração

Acontece em Cachoeira do Campo, distrito de Ouro Preto (MG), a Assembleia do Conselho Episcopal de Pastoral do Regional Leste 2 (Minas Gerais e Espirito Santo) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

A abertura do encontro aconteceu na manhã desta terça-feira, 7 de junho, com celebração Eucarística presidida pelo presidente do Regional Leste 2 e arcebispo metropolitano de Uberaba (MG), dom Paulo Mendes Peixoto; concelebrada pelo vice-presidente e bispo diocesano de Colatina (ES), dom Joaquim Wladimir Lopes Dias; e pelo secretario e bispo diocesano de Divinópolis (MG), dom José Carlos de Souza Campos.

Com o tema central “Casa Comum: ênfase sobre a mineração”, o evento reúne cerca de 70 participantes entre arcebispos, bispos, padres coordenadores diocesanos de pastoral e convidados.  E conta ainda com a presença do núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni D’Aniello. Da Diocese de São João del-Rei, participam o bispo, Dom Célio de Oliveira Goulart, e padre Marcos Alexandre Pereira, pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Lavras.

Para o presidente do Regional Leste 2, dom Paulo Mendes Peixoto, a escolha da arquidiocese de Mariana para realização desta Assembleia é uma maneira dos bispos de Minas Gerais e Espírito Santo se solidarizarem com as dioceses atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão. “Sabemos que aqui em Mariana houve aquele incidente que afetou e vem afetando tanta gente, vitimando tantas pessoas. A nossa vinda para Mariana esse ano para realizar essa Assembleia é no sentido de solidariedade com os bispos e dioceses afetadas pelos rejeitos do rompimento da barragem de Fundão, e solidarizar também com as famílias, com as igrejas locais, com esse povo”.

As sessões de trabalho, na manhã de hoje, contou com a presença do procurador da República em Minas Gerais, promotor Dr. Eduardo Antônio Dias Netto Júnior que abordou a temática Analise de Conjuntura. Em sua exposição, o procurador auxiliou na compreensão do cenário jurídico do Ministério Público Federal, que tem se empenhado em favor das vítimas e contra as empresas causadoras do desastre ambiental na barragem de Fundão. No segundo momento, o grupo de estudos interdisciplinares da PUC Minas apresentou algumas reflexões sobre a mineração no Brasil a partir da tragédia de Mariana e à luz da carta encíclica do Papa Francisco, Laudato Sí.

A Assembleia do CONSER Leste 2 que segue até quinta-feira, 9 de junho, terá seu encerramento com uma celebração Eucarística, às 8h30, na Igreja Nossa Senhora do Carmo, na Praça Minas Gerais, em Mariana (MG). A celebração será presidida pelo núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni D’Aniello. Após a celebração, os bispos, coordenadores de pastoral e representantes dos atingidos irão seguir para uma visita ao distrito de Bento Rodrigues, local do rompimento da barragem.

24 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).