Bispo se reúne com clero em celebração do crisma e da unidade

Consagrar os santos óleos, além de renovar as promessas sacerdotais e abrir bem o dia da instituição dos Mandamentos do Amor, da Eucaristia e do Sacerdócio. Motivos importantes não faltaram para que a manhã de Quinta-Feira Santa, 18, reunisse um grande número de pessoas, de vários cantos da diocese, na Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar.

A celebração da Missa do Crisma (ou da Unidade) foi presidida pelo bispo diocesano, dom José Eudes Nascimento, e concelebrada pelo bispo emérito, Dom Waldemar Chaves de Araújo, e demais membros do clero diocesano e visitantes.

Durante a homilia, Dom José Eudes falou sobre o chamado de Cristo ao serviço e a importância do compromisso do sacerdote com a comunidade. Ele aproveitou para destacar a figura do Papa Francisco e deixa-lo como referência, seguindo seus ensinamentos.

Segundo padre Clayton Nogueira, a celebração reforça a unidade do clero com o bispo além de convidar o sacerdote para avaliar sua caminhada. “Uma celebração importante, que nos possibilita uma reflexão e reforçar os compromissos com a Igreja”.

Monsenhor Pedro Terra Filho ficou emocionado em concelebrar em São João del-Rei, cidade onde cresceu e iniciou sua vocação. “Quase chorei de tanta alegria. Fico feliz em confirmar meus compromissos sacerdotais nesta terra que tanto amo”, afirma.

Além da renovação das promessas sacerdotais a celebração contou ainda com a benção dos santos óleos: enfermos, catecúmenos (para batizados) e crisma. Após a consagração e benção, cada pároco, acompanhado por representantes paroquiais, recebeu os óleos para suas respectivas comunidades. As porções serão utilizadas no período de um ano.

24 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).