Calouros são recepcionados com trotes solidários em universidade

Passado o Carnaval, muitas escolas e universidades retomam seu calendário anual e a expectativa para quem mais ingressar um curso superior é sempre grande, principalmente se for distante de sua cidade natal. Em diversas universidades do país, os calouros são convidados a participar de trotes como uma forma de recepção. Contraponto a imagem – muitas vezes negativa – da “brincadeira”, os “Trotes Solidários” vêm ganhando cada vez mais espaço, promovendo uma boa integração e, claro, cidadania.

A ideia é positiva e chegou até a cidade de Lavras, através do Encontro de Adolescentes com Cristo (Enac), da Paróquia Sant’Ana. “Fizemos três plaquinhas para cada uma, dizendo que era um trote solidário e que o dinheiro arrecadado seria para doação. Também entregamos lembrancinhas agradecendo pela doação e explicando mais sobre o trote. Além disso, nos identificamos como integrantes do Enac, para divulgar o nome do grupo”, explicam as jovens Gabriela Soares e Nayra Piva, ambas de 17 anos, que ingressaram nos cursos da Universidade Federal de Lavras – UFLA.

Com o dinheiro arrecado, os jovens pretendem incentivar um trabalho social já existente na Paróquia, que entrega sopa em quatro bairros da cidade. “Além de ajudar o nosso próximo com atitudes simples, essa ação mostra, também, que podemos fazer uma boa acolhida, sem causar tumulto ou problemas. É bom para que mais e mais pessoas tomem atitudes que se concentrem no amor ao outro”, explica Graziella Moraes, 18 anos.

Em muitos lugares o “Trote Solidário” conta com práticas sociais que incluem atividades como visitas a orfanatos, asilos, arrecadação de alimentos e doação de sangue e outras atividades, bem diferente do tradicional, quando os alunos passam por situações vexatórias.

Colaboração: Guilherme Dias / Comunicação Setor Juventude – Lavras

27 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).