Com adaptações devido a pandemia, 40 jovens são crismados em Ijaci

40 jovens receberam o Sacramento da Crisma no último sábado, 24, na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, da cidade de Ijaci. Após ficar mais de um ano sem realizar a cerimônia devido a pandemia do Coronavirus, a comunidade pode ministrado o sacramento, respeitando as normas de prevenção propostas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Os crismandos que já haviam participado da catequese de forma presencial no ano de 2019, só estavam aguardando a data permitida.

Para cumprir os protocolos de distanciamento foram realizadas duas missas, às 16h e 19h, subdivididas por grupos menores de crismandos, pais e padrinhos. Dom José Eudes Campos do Nascimento, bispo diocesano de São João del-Rei, conduziu a celebração, juntamente com o pároco, padre Lucas Alerson de Sousa.

Em sua homilia, o bispo incentivou o compromisso de evangelização e de seguimento a Jesus, inclusive nas redes sociais. As palavras trouxe incentivo e uma profunda reflexão para os participantes. “Depois do período de formação, me senti preparada para receber o sacramento da Crisma. Foi um momento único em minha vida”, pontuou Isabelly Expedito, uma das crismandas.

Para refrescar a memória diante do aprendizado, o grupo da Juventude Missionária da paróquia, juntamente com o seminarista Jordano Magalhães, organizaram na semana anterior uma tarde de espiritualidade e formação. “É muito edificante perceber que os jovens estão evangelizando outros jovens. A própria juventude da paróquia tem uma participação ativa na formação dos crismandos,” destacou o seminarista.

De acordo com o Catecismo da Igreja Católica, a Crisma pertence, juntamente com o Batismo e a Eucaristia, aos três sacramentos da iniciação cristã da Igreja Católica. Nesse sacramento, o fiel é encorajado e fortalecido para uma vida de testemunho de amor a Cristo.

Informações: Seminarista Jordano / Fotos: Pascom Ijaci

26 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).