Dom José Eudes completa 29 anos de sacerdócio nesta segunda-feira, 22

Em 22 de abril de 1995, apenas oito dias antes de completar 29 anos de idade, José Eudes Campos do Nascimento, bispo da Diocese de São João del-Rei, foi ordenado sacerdote pela imposição das mãos de Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida, arcebispo de Mariana. Hoje, após 28 anos, a celebração daquele sábado se retoma na lembrança, trazendo grandes alegrias e comemorações.

Natural de Barbacena/MG, Dom José foi batizado com esse nome devido um sorteio (relacionado aos padres presentes) na tradicional festa de São José Operário. Sempre acompanhado da mãe, dona Virgínia, ele trilha sua vida, dando seu testemunho de fé e amor a família. “É uma benção de Deus ter um filho bispo e poder caminhar com ele, juntos, em seu trabalho pastoral. Foram tantos lugares e muita dedicação”, pontua a mãe, Dona Virgínia.

Não muito diferente dos demais sacerdotes, o chamado vocacional de Dom José Eudes surgiu na infância, em meio a sua participação na igreja como coroinha. Nas brincadeiras, o biscoito se tornava hóstia e um grande lenço virava o paramento litúrgico. Um entretenimento infantil que já traçava o compromisso e entrega ao chamado de Deus e da igreja.

Ingressou na Congregação de São João Bosco, os salesianos, em 1983, realizando o aspirantado. Em 1988 fez um ano de filosofia em São João del-Rei antes de se transferir para a Arquidiocese de Mariana para concluir o estudos no Instituto Santo Tomás de Aquino. Terminado o curso de filosofia, foi para o Seminário São José, da Arquidiocese de Mariana, para cursar Teologia. Até a ordenação foram muitos momentos de alegrias e provações. O que se culminou com uma bela celebração na praça da Estação, em Barbacena/MG, no ano de 1995. Uma trajetória de muitas histórias e lugares.

Antes de se tornar bispo, trabalhou nas cidades de Congonhas, Catas Altas da Noruega, Rio Pomba e Ouro Preto. Durante o exercício do seu ministério, assumiu várias funções na Arquidiocese de Mariana. Assessor da Pastoral da Juventude; representante dos presbíteros da Arquidiocese de Mariana, eleito, por duas vezes; vigário episcopal da Região Pastoral Mariana Norte; diretor espiritual do Seminário São José da Arquidiocese de Mariana; membro do colégio dos consultores, do conselho presbiteral e do conselho episcopal.

“Sinto-me realizado como pessoa. Por todos os lugares que passei nestes anos de Vida Sacerdotal, encontrei pessoas que me acolheram como filho, irmão, amigo e pai. Sempre acreditei na sinceridade que, de um jeito ou de outro, fizeram e fazem parte da minha vida”, pontua o aniversariante.

Sagrado bispo em setembro de 2012, Dom José Eudes adotou como lema episcopal a frase “Servus in charitate”, que significa “Servo no amor”. “A Igreja é uma família que se constitui, não pelo sangue, mas pela fé em Cristo. Congregados por esta fé em Jesus vamos estreitando entre nós, laços de amor e de amizade e compreendendo o lugar especial que cada irmão de fé tem na nossa vida. O bispo é aquele que Deus constituiu como pastor do seu povo. De forma que o aniversário do bispo é momento de festa para toda a Diocese”, explica o Vigário Geral e amigo, Monsenhor Geraldo Magela da Silva.

Secretária de Dom José Eudes, Patrícia Lopes cuida de forma minuciosa da sua agenda e enfatiza a experiência de se trabalhar com o bispo. “Todo dia, pela manhã ele já acolhe todos os funcionários da Cúria com um sorriso largo e alegria. Isso nos motiva, afinal, mostra que caminha junto com a gente. Ele é muito atencioso, prestativo, dedicado e coerente. Trabalhar com ele é um privilégio. Um pouco imediatista, mas sempre atento. Sem dúvida, um verdadeiro pastor”.

Inspirado no Papa Francisco, Dom José Eudes destaca a importância de trilhar seu ministério junto da comunidade. “Tenho procurado viver os grandes ensinamentos do Papa Francisco, que o padre como pastor não tem que ficar somente há frente do seu rebanho governando, mas também no meio do povo, mais perto deles, caminhando com os próprios fiéis e com todos aqueles que se dirigem a ele, partilhando com eles alegrias e esperanças, dificuldades e sofrimentos, como irmãos e amigos, mas, ainda como pai, que são capazes de escutar, compreender, ajudar, orientar”, pontua o aniversariante do dia.

Uma trajetória de muitas histórias e lugares. “Pelas experiências nas Paróquias por onde eu passei, tenho procurado ser uma presença na vida de todas as pessoas, principalmente junto aos mais necessitados, procurando viver e caminhar com o povo que me foi confiado, partilhando as alegrias, as tristezas e dificuldades enfrentadas no dia, me esforçando para ser realmente um verdadeiro pastor, dando a vida pelas ovelhas, pelo rebanho a mim confiado em todos estes lugares por onde passei. Tenho me esforçado para viver o lema da minha Ordenação Sacerdotal, uma frase de Dom Bosco: ‘O Senhor colocou-nos neste mundo para os outros’”.

Parabéns Dom José Eudes!