DOMINGO DA MISERICÓRDIA É MARCADO POR MISSAS FESTIVAS E PROCISSÕES

Celebrado no segundo domingo da Páscoa, o Dia da Misericórdia foi cercado por grandes demonstrações de fé e alegria em diversas paróquias da Diocese. Missas, procissões, caminhada na serra, peregrinação e adoração ao Santíssimo Sacramento marcaram a programação do fim de semana. Para os católicos, a data remete o perdão de Deus para com o povo.

Em Nazareno, o grupo do Cenáculo de Nossa Senhora Rosa Mística tem o antigo costume de sair em peregrinação com o quadro da Divina Misericórdia e a imagem de Nossa Senhora pela região. Uma viagem de mais de 60 km, percorrendo comunidades rurais dos municípios de Nazareno, Conceição da Barra de Minas e São Tiago. Com paradas rápidas. , eles rezavam o terço da misericórdia e faziam a leitura de uma mensagem.

A devoção à Misericórdia Divina iniciou-se com as revelações de Jesus a Santa Faustina Kowalska, religiosa polonesa, que viveu entre 1905 e 1938. Os elementos da devoção estão registrados em seu “Diário”, escrito a pedido de Jesus. Um dos elementos mais importantes desta devoção é a Festa da Misericórdia, que se celebra no domingo após a Páscoa.  A Festa foi instituída oficialmente na Igreja pelo Papa João Paulo II no ano 2000.