Festa à Virgem do Carmo movimenta São João del-Rei e Luminárias

Segundo a tradição, no dia 16 de julho de 1251, São Simão Stock, superior dos Carmelitas, encontrava-se em profunda oração por seus religiosos perseguidos quando a Virgem Maria lhe apareceu com o hábito da Ordem na mão e entregou-lhe o escapulário, reforçando a devoção a Nossa Senhora do Carmo que se estenderia por vários lugares do mundo. Em São João del-Rei milhares de fiéis devem passar pela igreja histórica situada no centro da cidade. Celebrações de missas e procissão estão previstas na programação.

Durante a primeira missa do dia padre Geraldo Magela falou sobre as grandes manifestações devocionais à Virgem Maria. “Podem falar que é exagero nosso, mas não é. Para à Mãe, dedicamos tudo. Toda a nossa devoção, nossa manifestação de amor e carinho”, explica.

A última missa do dia está prevista para as 17h30, seguida de procissão e benção. Confira:

Há 128 quilômetros de São João del-Rei, no Sul de Minas Gerais, a cidade de Luminárias também abriga uma grande festa dedicada à Virgem maria do Monte Carmelo. A capela, construída em 1798 por iniciativa de dona Maria José do Espírito Santo, concentra até hoje a forte devoção dos luminarenses e visitantes.

A programação festiva também começou cedo e conta, ainda, com leilão de gado, consagração, procissão luminosa e missa campal. Veja:

A devoção à Nossa Senhora do Carmo tem origem no século XII, quando um grupo de eremitas começou a se formar no monte Carmelo, na Palestina, Terra Santa, iniciando um estilo de vida simples e pobre, ao lado da fonte de Elias, que se estendeu ao mundo todo.

A palavra Carmo corresponde ao monte do Carmo ou Monte Carmelo, em Israel, onde o profeta Elias se refugiou. A palavra Carmo ou carmelo significa jardim.

Segundo a iconografia popular, Nossa Senhora do Carmo aparece com os braços estendidos, oferecendo o escapulário. “Não é um amuleto, mas um sinal de salvação. Significa estar cobertos pela sua graça, pelos seus dons”, explica padre Antônio Claret.

24 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).