O frio chegou e, principalmente na pandemia, é hora de redobrar os cuidados

O frio chegou! Com as quedas de temperatura e a baixa umidade do ar, o sistema imunológico fica mais frágil, possibilitando assim o contágio e a proliferação de vírus e bactérias que ficam expostos no ar. É preciso ficar atento, já que o coronavírus apresenta sintomas semelhantes a outras síndromes como resfriados e gripes.

Os espirros são comuns em resfriados, mas raros tanto em gripes quanto em Covid-19. O nariz congestionado aparece frequentemente em resfriados, às vezes em gripes e, raramente, em casos do novo coronavírus. Por isso é muito importante o cuidado diário e, se apresentar sintomas correspondentes à Covid-19, é importante seguir as orientações do Ministério da Saúde e procurar um posto de saúde para obter orientação médica quanto às medidas.

Além disso, se as inflamações causadas por gripes e resfriados estiverem presentes no coração, estas podem romper as placas de gordura nas artérias que serão afetadas pela gordura, oferecendo pouco espaço para a circulação do sangue que leva à falta de sangue no coração.

Neste momento, manter o corpo aquecido e bem agasalhado é a melhor opção, pois possibilita um melhor cenário de trabalho para o organismo. Agasalhe-se bem, mantenha as extremidades, como pés e mãos, bem aquecidas e não esqueça o cachecol, pois o pescoço aquecido aumenta a circulação local e o calor dá uma percepção de conforto.

Outra dica essencial é respirar sempre pelo nariz. O nariz tenta aquecer o ar gelado que chega ao corpo pela dilatação dos vasos sanguíneos, fazendo com que o ar não chegue tão gelado na garganta.

Fonte: ccr.med.br