Paróquia de Ritápolis resgata festa da Assunção de Maria

Em 1950 o Papa Pio XII, por meio da constituição apostólica Munificentissimus Deus, definiu “ser dogma divinamente revelado que a imaculada Mãe de Deus, a sempre virgem Maria, terminado o curso da vida terrestre, foi assunta em corpo e alma à glória celestial”. Ou seja, Deus, em sua bondade, dispôs que o corpo de Maria fosse poupado da corrupção do túmulo, no caso, elevada aos céus por anjos: Assunção.

Para festejar esta grande solenidade mariana a paróquia de Ritápolis retomou as antigas tradições da comunidade e promoveu uma grande festa no último final de semana, com vigília, missas e procissões.

A programação teve início no sábado, 18, com orações e veneração de Nossa Senhora da Boa Morte durante todo o dia. No final da missa ocorreu o trânsito e sepultamento da Virgem Maria. Já no domingo, pela manhã, ocorreu a celebração da missa festiva e rasoura, celebrando a Assunção.

Fotografias de Kathleen Amaral e Maycon Ribeiro