Paróquia festeja os 211 anos do batismo de Nhá Chica

O dia 26 de abril é uma data muito especial para os moradores do Rio da Mortes e devotos da Bem-Aventurada Nhá Chica em que se celebra o batismo da beata riodasmortense. A sua biografia ensina que Francisca de Paula de Jesus foi batizada nessas terras em 1810. Desde que a sua devoção chegou na vida dos moradores de forma mais intensa, no fim do século XX, Nhá chica se tornou um motivo de alegria para o povo da sua terra natal.

Foi em Baependi que a beata viveu grande parte da sua vida e lá dedicou-se a favor dos mais pobres e necessitados e construiu a sua fama de santidade, todavia ela é um exemplo de santidade para todos que conhecem a sua história. Leiga, mulher simples, filha de escrava, analfabeta, mas nada disso a impediu de dedicar a sua vida a vivência do Evangelho e de muita oração, em especial uma terna devoção a Imaculada Conceição.

A partir do dia 22, a paróquia de Santo Antônio e da Bem-Aventurada Nhá Chica realizará junto da comunidade a celebração do tríduo preparatório para a festa do seu batismo. Devido a pandemia, o número de fiéis será reduzido, mas haverá transmissões pelas redes sociais para facilitar a participação e envolvimento dos devotos. No domingo, 25, a programação conta com diversas missas e, ainda, consagração à beata. Confira: