Por que é importante falar sobre suicídio?

Você já ouviu o mito de quem quer se matar não avisa? Na verdade, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), entre 50% e 75% das pessoas que tentam suicídio falam sobre seus pensamentos suicidas, sentimentos e planos antes do ato.

Ainda assim, muitas pessoas pensam que o suicídio é uma realidade distante e que afeta poucas pessoas, mas, infelizmente, os dados da OMS mostram justamente o contrário. A cada 40 segundos, uma pessoa comete o ato no mundo, de acordo com relatório atual da organização. Isso significa que, em um ano, mais de 800 mil pessoas tiram a própria vida.

Tendo em vista que tirar a própria vida é uma decisão extrema para fugir do que é considerado um problema sem solução, a melhor forma de evitá-lo é detectar quando a possibilidade existe e agir a tempo.

Muitas vezes, o diálogo até acontece, porém quem ouve pode não estar preparado e não sabe como reagir quando ouve uma pessoa falar que não tem mais vontade de viver e que, muitas vezes, tem vontade de tirar a própria vida. Além de não ignorar esse tipo de fala, é preciso estar atento a outros sinais que podem indicar a depressão e a vontade de cometer suicídio. Quer saber mais, acompanhe mais informações sobre o assunto através de “Uma Boa Conversa”:

Informações: escoladainteligencia.com.br

25 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).