Versão atualizada do Missal Romano já se encontra disponível na Diocese de São João del-Rei

Chegou na tarde da última segunda-feira, 16 de outubro, a encomenda da tradução brasileira da terceira edição típica do Missal Romano. Ao todo foram solicitados 272 exemplares que serão distribuídos nas 43 Paróquias da Diocese, bem como suas comunidades e casas religiosas. Essa ação vem em comunhão com a Igreja no Brasil que já se prepara para implementar o uso obrigatório da nova versão do Missal Romano à partir do 1º domingo do Advento, neste ano, dia 03 de dezembro.

Segundo o bispo diocesano, Dom José Eudes Campos do Nascimento, “é interessante a nossa expectativa, sobretudo dos nossos padres, em receber esse Missal, justamente para poder estar manuseando, vendo como vamos estar utilizando à partir da data obrigatória. Fico muito feliz em receber os exemplares que foram encomendados e quero parabenizar a toda equipe responsável que preparou com tanto carinho. Fica, assim, meu agradecimento as Edições CNBB, por esse dinamismo e agilidade na entrega do material”.

Para o Vigário Geral da Diocese, Monsenhor Geraldo Magela da Silva, é uma alegria receber o Missal Romano na Diocese por que é a oração da Igreja e que mostra a comunhão, também, no rezar. Ouça as palavras do sacerdote:

Missal Romano

Na liturgia da Igreja, o Missal Romano é o segundo livro litúrgico mais importante. Nele, estão as orações e orientações para as celebrações eucarísticas. O Evangeliário, que traz os textos do Evangelho, é o livro mais importante nos ritos da Igreja.

A tradução brasileira desta terceira edição do Missal Romano levou 19 anos de trabalho. A jornada começou após a promulgação, em 2002, pelo Papa São João Paulo II, da nova edição típica. Desde então, foram anos de intenso trabalho de tradução, revisão e aprovação do conteúdo do Missal, coordenados pela Comissão Episcopal para os Textos Litúrgicos (Cetel).

A terceira edição típica do Missal Romano foi aprovada pelos bispos na 59ª Assembleia Geral da CNBB e encaminhada ao Dicastério para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos em dezembro de 2022. A confirmação da Santa Sé foi publicada no dia 17 de março deste ano.

Formação na Diocese

Nesse período de preparação, a Comissão Episcopal para a Liturgia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) tem favorecido momentos de formação em vários locais do Brasil e na Diocese de São João del-Rei não foi diferente. No dia 21 de julho de 2023, cerca de 150 pessoas, dentre padres e leigos, se reuniram no Salão Irmão Sol, ao lado do Campus Santo Antônio, da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), para o momento formativo. O evento contou com a assessoria de padre Leonardo Pinheiro, Assessor da Comissão para a Liturgia da CNBB.

“O missal diz muito respeito ao sacerdote e isso é comum limitar as formações apenas ao clero. Achei bonito ver a Diocese de São João del-Rei se preocupar com a participação dos leigos, afinal, não como o livro do sacerdote, mas o livro da Igreja. Tem as respostas da assembleia, tem os cânticos, as aclamações, orações eucarísticas que a assembleia participa. É bonito perceber a sensibilidade que Dom José Eudes teve em convocar 2 leigos, por paróquia, para participar da formação, assim como o interesse dos participantes (…) Afinal, somos o povo de Deus e o missal é o livro da Igreja”, pontua Padre Leonardo Pinheiro.

Após essa data, diversos eventos formativos foram realizados nas paróquias, junto das comunidades e seus diversos trabalhos pastorais, possibilitando um maior aprofundamento no livro litúrgico e conhecimento à partir das alterações.

Essa 3ª edição do Missal Romano foi promulgada em 2002 por São João Paulo II e revisada em 2008. E incorporou as disposições litúrgicas e cannicas desde a segunda edição típica, de 1975. A tradução brasileira, além das disposições da revisão de 2008, também contém as feitas pelos Papas Bento XVI e Francisco.