2º Domingo do Advento

“ESTA É A VOZ DAQUELE QUE GRITA NO DESERTO: PREPARAI O CAMINHO DO SENHOR, ENDIREITAI SUAS VEREDAS” (MT 3, 3).

 

Estamos vivenciando o tempo do advento. “O tempo do Advento possui dupla característica: sendo um tempo de preparação para as solenidades do Natal, em que se comemora a primeira vinda do Filho de Deus entre os homens, é também um tempo em que, por meio desta lembrança, voltam-se os corações para a expectativa da segunda vinda do Cristo no fim dos tempos. Por este duplo motivo, o tempo do Advento se apresenta como um tempo de piedosa e alegre expectativa.” (NALC, 39)

Neste 2º domingo do Advento lemos o evangelho de Mt 3,1-12 em que a figura principal é João Batista, o qual, segundo o profeta Isaías retirou-se para o deserto da Judeia e, com a sua pregação, chamou o povo a converter-se para estar pronto à iminente vinda do Messias.

O Precursor, que faz a ligação entre a Antiga e a Nova Aliança, é semelhante a uma estrela que precede o surgir do Sol de Cristo, d’Aquele, isto é, sobre o qual – segundo uma outra profecia de Isaías – “repousará o Espírito do Senhor, Espírito de sabedoria e de entendimento, Espírito de prudência e de coragem, Espírito de ciência e de temor ao Senhor” (Is 11,2).

Neste Tempo do Advento, somos chamados por João Batista a escutar a voz de Deus, que ressoa no deserto do mundo através das Sagradas Escrituras, especialmente quando são pregadas com a força do Espírito Santo.

Referências:

BENTO XVI, Angelus II domingo do advento, 2010.