Após restauração, imagem primitiva de São José volta para a comunidade

A imagem primitiva de São José, da Paróquia São José Operário, em São João del-Rei, passou por uma restauração. O trabalho ficou a cargo do artista são-joanense Francesco Paiva. No dia 31 de maio, a imagem foi novamente acolhida na Paróquia, retomando os altares do templo religioso, conservando, assim, o patrimônio Paroquial.

O templo vem atraindo os olhares dos paroquianos e devotos após a finalização das obras de reforma e restauração. Algo que reforça ainda mais a devoção ao santo e a união da comunidade. “São José é aquele que trabalha com humildade permitindo a ação divina em sua vida. Oferece a Paróquia, aos cristãos e a todos os trabalhadores a importância de um trabalho honesto, que ajuda na realização da vontade de Deus e na construção da sociedade e da família cristã”.

Histórico da Paróquia

Dizem os escritos da década de 1930 que “o pesar de ver ali tantas almas em abandono e afastadas da prática religiosa pela sua extrema pobreza, gerou no coração católico o desejo de construir uma capelinha no bairro do Tejuco, onde há uma multidão de crianças necessitadas também da luz do Evangelho pelo ensino do catecismo” (Monsenhor Sivestre de Castro, então pároco da paróquia de Nossa Senhora do Pilar). Assim, em 1938, foi organizada uma campanha para angariar fundos para a construção da nova capela (iniciada em 1940 e concluída em 1945), que teria como padroeira Nossa Senhora da Conceição.

No entanto, com a capela ainda em obras, em 1943, Dom Helvécio Gomes de Oliveira, então arcebispo de Mariana, reconheceu que vários templos da cidade de São João del-Rei eram dedicados à Mãe de Deus. Sendo assim, resolveu dedicar à construção ao Patriarca São José, esposo da Mãe de Deus, dizendo que ali, futuramente, seria uma paróquia. Em agosto do ano 1944, a capela passou a ter como titular São José.

Em primeiro de janeiro de 1952 nascia a paróquia de São José, no bairro do Tejuco, instalada oficial e canonicamente por Dom Helvécio Gomes de Oliveira. Assumiu como primeiro pároco, o pe. Osvaldo da Fonseca Torga, que já prestava serviços religiosos à capela. Atualmente, a paróquia de São José Operário tem como pároco Padre Vinícius Idelfonso Campos. No total, seis capelas compõem a paróquia e diversas pastorais e movimentos estão em atividade.