Bispo emite nota com novas orientações em tempos de pandemia

Na tarde desta sexta-feira, 12, o bispo diocesano de São João del-Rei, Dom José Eudes Campos do Nascimento, juntamente com o vigário geral, padre Geraldo Magela da Silva, emitiram uma nota com novas orientações para as paróquias da região em prevenção a pandemia do coronavírus. Confira o documento na íntegra:

NOTA AO POVO DA DIOCESE DE SÃO JOÃO DEL-REI

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!

«Eu vim para que todos tenham vida, e a tenham em abundância.»

(Jo 10, 10)

Por determinação do Governo do Estado de Minas Gerais, tendo em vista a gravidade da situação da pandemia do coronavírus, a Macrorregião Centro-Sul passará para a onda roxa, a fase mais restritiva do programa Minas Consciente. Na nossa Diocese, as cidades que compõem esta macrorregião são: São João del-Rei, Tiradentes, Barroso, Conceição da Barra de Minas, Coronel Xavier Chaves, Dores de Campos, Lagoa Dourada, Ibituruna, Madre de Deus de Minas, Nazareno, Piedade do Rio Grande, Prados, Resende Costa, Ritápolis, Santa Cruz de Minas e São Vicente de Minas.

Renovando nosso compromisso de colaboração com as autoridades públicas, ao mesmo tempo em que nos preocupamos em salvaguardar a vida e a saúde dos fiéis, dispomos, para as cidades acima citadas, a partir de amanhã, sábado, 13 de março, o seguinte, até que não orientemos o contrário:

  • Suspensão das celebrações eucarísticas com a participação dos fiéis. Que os padres presidam diariamente a Eucaristia com um grupo mínimo de ministros e que estas celebrações sejam, na medida do possível, transmitidas pelas mídias sociais das paróquias;
  • Suspensão das celebrações dos sacramentos do batismo, da crisma e do matrimônio;
  • Adiamento dos mutirões de confissões;
  • Adiamento do atendimento dos padres aos enfermos em suas residências;
  • Suspensão do atendimento na Cúria Diocesana e nas secretarias paroquiais;
  • As igrejas deverão ficar abertas para a visitação dos fiéis, observando-se os protocolos sanitários. As igrejas históricas que possuem grande movimento turístico deverão ficar fechadas, mantendo abertas somente as Capelas do Santíssimo Sacramento.

Recomendamos a atenção de todos para a necessidade de se continuar seguindo os protocolos sanitários estabelecidos pelas autoridades e para o toque de recolher, das 20h às 5h.

Os padres das cidades da nossa Diocese que não compõem a macrorregião Centro-Sul devem seguir as orientações estaduais e municipais que foram estabelecidas para tais locais.

Fazemos coro ao documento do Pacto pela Vida e pelo Brasil, assinado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Comissão Arns, Academia Brasileira de Ciências, Associação Brasileira de Imprensa e a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência:

«A pandemia do novo coronavírus se espalha pelo Brasil exigindo a disciplina do isolamento social, com a superação de medos e incertezas. O isolamento se impõe como único meio de desacelerar a transmissão do vírus e seu contágio, preservando a capacidade de ação dos sistemas de saúde e dando tempo para a implementação de políticas públicas de proteção social. Devemos, pois, repudiar discursos que desacreditem a eficácia dessa estratégia, colocando em risco a saúde e sobrevivência do povo brasileiro.

Em contrapartida, devemos apoiar e seguir as orientações dos organismos nacionais de saúde, como o Ministério da Saúde, e dos internacionais, a começar pela Organização Mundial de Saúde – OMS.»

Invocamos, fervorosamente, a Virgem Maria, Mãe do Pilar, Padroeira de nossa Diocese, implorando sua proteção e sua bênção maternal, neste momento em que somos submetidos a angústias e temores.

São João del-Rei, 12 de março de 2021

26 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).