CNBB divulga hino da CF 2023

A CNBB divulgou nesta segunda-feira, 05, a música do hino da Campanha da Fraternidade 2023. O hino foi escolhido através de concursos e já se encontra disponível nas principais plataformas digitais de música.

O primeiro para a definição da letra, realizado entre os meses de maio e agosto. Foi escolhida a letra de autoria de dois seminaristas dehonianos de Santa Catarina: Clark Victor Frena, de 17 anos, e Geovan Luiz Alberton, de 23 anos. Os dois estudam no Seminário São José, em Rio Negrinho (SC).

Já o processo de escolha da música ocorreu na sequência ao concurso que definiu a letra. O edital foi publicado no dia 12 de agosto e o resultado do vencedor foi divulgado no dia 26 de setembro. Gabriel Belisario, de 23 anos, da diocese de Guarapuava (PR), foi o autor da melodia que animará as reflexões durante a Quaresma do próximo ano.

Após a escolha da letra e da melodia, foi iniciado o processo de gravação pela Edições CNBB com a colaboração do Setor Música Litúrgica da Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia da CNBB, que tem a responsabilidade de elaborar os editais e executar o processo de escolha da letra e da música. A gravação foi coordenada pelo frei Wanderson Luiz Freitas , de Pernambuco.

A Campanha da fraternidade 2023

Pela terceira vez a fome é tratada pela Igreja no Brasil, na Campanha da Fraternidade. A primeira foi em 1975, com o tema ‘Fraternidade é repartir’ e o lema Repartir o pão’, no clima do Ano Eucarístico que precedeu o Congresso Eucarístico Nacional de Manaus, que trazia o mesmo tema e lema e desejava intensificar a vivência da Eucaristia em nosso povo. A segunda foi em 1985, outro Ano Eucarístico, desta vez em preparação para o Congresso Eucarístico de Aparecida, com o lema ‘Pão para quem tem fome’.

Agora, em 2023, logo depois do 18º Congresso Eucarístico Nacional, que se realizará em Recife, de 11 a 15 de novembro de 2022, sob o tema ‘Pão em todas as mesas’, a Igreja no Brasil enfrenta pela terceira vez o flagelo da fome. Com o lema que é uma ordem de Jesus aos seus discípulos: “Dai-lhes vós mesmos de comer” (Mt 14,16).

“É vocação, graça e missão da Igreja responder ao chamado e cumprir a ordem de Jesus, afirmamos no contexto do 3º Ano Vocacional que viveremos a partir de novembro deste ano. A fome é um instinto natural de sobrevivência presente em todos os seres vivos. Contudo, na sociedade humana, a fome é uma tragédia, um escândalo, é a negação da própria existência”, explica o material de divulgação.

ORAÇÃO DA CF 2023

Pai de bondade,
ao ver a multidão faminta,
vosso Filho encheu-se de compaixão,
abençoou, repartiu os cinco pães e dois peixes
e nos ensinou: “dai-lhes vós mesmos de comer”.
Confiantes na ação do Espírito Santo,
vos pedimos:
inspirai-nos o sonho de um mundo novo,
de diálogo, justiça, igualdade e paz;
ajudai-nos a promover uma sociedade mais solidária,
sem fome, pobreza, violência e guerra;
livrai-nos do pecado da indiferença com a vida.
Que Maria, nossa mãe, interceda por nós
para acolhermos Jesus Cristo em cada pessoa,
sobretudo nos abandonados, esquecidos e famintos.
Amém