Com orações e pregações virtuais, chega ao fim o retiro para presbíteros

Na manhã da última sexta-feira, 06 de agosto, aconteceu o encerramento do Retiro On-line dos Presbíteros promovido pelo Regional Leste 2, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O momento foi acompanhado virtualmente por mais de mil ministros ordenados de todo o país e teve o Cardeal José Tolentino de Mendonça como responsável pela condução das reflexões com o tema “A vida e espiritualidade do presbítero em tempos de pandemia e pós-pandemia”.

Dom Gil Antônio Moreira, Arcebispo de Juiz de Fora, fez uma avaliação do Retiro e também falou sobre a importância dessas reflexões neste período de dificuldade pelo qual todos estamos passando. “Avalio esse retiro como algo excelente, melhor do que nós esperávamos, uma grande bênção de Deus. [Veio] dar um alento, a partir da Palavra de Deus, no meio desses obstáculos e inseguranças. A pandemia teve essa característica, porque a gente nunca sabe o que vai acontecer semana que vem, mês que vem, mas nós precisamos estar seguros e o nosso bastão é Deus”, completou.

O Arcebispo agradeceu pelo retiro e pelo efeito que gerou na vida dos participantes que também avaliaram as reflexões como positivas. “Que Deus seja louvado hoje e para sempre por esse Retiro Espiritual dos Presbíteros do Regional Leste 2, do Brasil inteiro, cujo tema foi: A vida e espiritualidade do presbítero em tempos de pandemia e pós-pandemia e o retiro respondeu a essa pergunta com muita eficiência e muita bênção. A avaliação que a gente está recebendo pelo chat, pelo celular, pelo WhatsApp, é imensamente feliz e positivíssima”.

Sobre as reflexões, Dom Gil ainda falou que todo o retiro superou as expectativas. “E a gente quer agradecer a maravilha que foi a pregação feita pelo Cardeal José Tolentino de Mendonça, que homem santo e bom. Uma pertença imensa, um conhecimento vastíssimo de todas as matérias, ele é biblista, mas também é ensaísta e literato. A sua presença nesse retiro foi uma grande bênção de Deus para todos aqueles que fizeram esta experiência. Eu quero agradecer ao Cardeal Tolentino e agradecer a Deus por ter-nos inspirado para escolher esse pregador.”

Um retorno do Clero Diocesano

Para os sacerdotes da Diocese de São João del-Rei que participaram da programação, o momento foi de grande aprendizado. “Todo retiro é válido para que nos coloquemos em abandono na presença de Deus que fala e que torna-se presente para ser experimentado. Neste momento de dificuldade, em que a pandemia coloca em xeque nossas convicções e certezas, as palavras ungidas e esperançosas do Cardeal José Tolentino têm trazido relento e conforto diante de tantas crises que se instauram e possam ainda se instaurar em nosso ministério. Como é bom reconhecer que, mesmo em meio às incertezas desta vida, Deus se torna segurança e consolo”, pontuou padre Lucas Alerson de Sousa.

Pensamento similar foi do padre Samuel Carvalho Detomi. “Refletir sobre a espiritualidade em tempos de crise, nos proporcionou um momento enriquecedor sobre o nosso Ministério, como pastores, no meio de uma pandemia que nos encontrou despreparados. Foi oportuno entender através dos momentos do retiro on-line, que os tempos de crises que vivemos nos permitem ver dimensões da vida que não tínhamos encarado. E ainda mais, olhar o mundo com os olhos de Deus, de maneira integral, para reconhecer uma possibilidade de conversão, com novos modelos de relação. Como presbíteros, temos a missão de descobrir dentro da crise as possibilidades que Deus está escrevendo diante de nós. Nossa gratidão ao Cardeal José Tolentino de Mendonça por partilhar tantas riquezas para a vivência da nossa espiritualidade presbiteral”.

Já padre Rondineli Cristino, pároco da Paróquia de Prados, viu o retiro como um tempo especial para experimentar a graça de Deus, mesmo que de forma remota. “Não perdemos nada, pelo fato de ter sido através das mídias sociais, pelo contrário, o eminentíssimo Cardeal Dom Tolentino, com muita sabedoria, soube conduzir com perfeição nosso retiro. Com palavras sábias e muito ungidas, conseguiu chegar no profundo do nosso coração e nos fez recriar o ânimo e a coragem necessária para continuarmos nossa missão de sacerdotes, nesse tempo difícil, marcado por essa crise pandêmica”.

Informações: catedraljf.org.br

26 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).