Diácono e Seminaristas participam de experiências missionárias em janeiro

Seguindo os atuais documentos e orientações da Igreja, o processo formativo dos futuros presbíteros tem se preocupado com a necessidade da formação de uma consciência missionária para o futuro clero. O presbítero é presbítero para toda a Igreja e deve ter abertura generosa para as realidades necessitadas, para os locais onde sua presença se faz necessária, para as periferias geográficas e existenciais. Por essa razão, a missão não deve ser um horizonte ausente da formação mas deve ser uma realidade concreta na vida do seminaristas.

Nesse sentido, o Seminário São Tiago tem se empenhado nos últimos tempos em proporcionar aos seus formandos experiências missionárias em situações limites, em locais distantes, onde a presença e a atuação da Igreja se faz mais necessária e até urgente. “Essas oportunidades ajudam os jovens que se preparam para o futuro ministério presbiteral a reconhecer a necessidade que a Igreja tem de homens e mulheres que tenham espírito autenticamente missionário”, pontua o Reitor do Seminário São Tiago, Padre Domingos da Silva.

Nos últimos tempos alguns seminaristas já fizeram experiências missionárias em locais distantes. O seminarista Juliano realizou um trabalho na Prelazia de Alto Xingu-Tucumã – PA; o seminarista Jonas e o Diácono Diego fizeram as suas experiências também na Amazônia, na comunidade do Careiro da Várzea, da Arquidiocese de Manaus – AM e no município de Urucurituba, da Prelazia de Itacoatiara – AM. Nesse mês de janeiro novas experiências missionárias serão realizadas pelos formandos da nossa diocese.

“O Diácono Rutiero realizará sua experiência missionária na Diocese de Óbidos – PA, na Paróquia de São Martinho de Lima, que é gerida pelo Padre Leonardo do clero da Arquidiocese de Juiz de Fora. Nessa paróquia, que se situa no contexto da Amazônia, o Diácono Rutiero exercerá o seu ministério diaconal por um mês, partilhando com as populações amazônicas a sua experiência e aprendendo com a experiência deles, assimilando novo modo de ser Igreja. A experiência diaconal missionária possibilitará maior abertura ao serviço à Igreja, partindo das realidades complexas que se revelam no rosto pobre e às vezes isolado das pessoas residentes nas remotas regiões do país. Será para o Diácono Rutiero uma rica oportunidade de viver o seu ministério com a radicalidade do Evangelho”, explica o sacerdote.

Também nesse mês de janeiro o seminaristas Guilherme, Lucas e Sérgio estarão participando das atividades missionárias na Diocese de Araçuaí, na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição do Berilo, região missionária do estado de Minas Gerais. Essa experiência promovida pela diocese vai contar com seminaristas, religiosos, sacerdotes e leigos, que generosamente se inscreveram para para colaboração nessas atividades.

“Nossos três seminaristas se dedicarão por duas semanas aos trabalhos de evangelização, de pastoral, de visitas, de catequese ou de qualquer outro serviço que se fizer necessário. Com essas experiências missionárias vamos formando cristãos mais conscientes de que o trabalho da Igreja ultrapassa as fronteiras de nossa casa, vai além de nossas terras e de nossa cultura. Onde for necessário, onde houver trabalho e onde houver campo de evangelização nossos presbíteros nossos leigos e nossos consagrados devem se fazer presentes. Pedimos orações por essas experiências missionárias que sejam bem sucedidas frutuosas e que despertem naqueles que estão sendo enviados e em toda a nossa Igreja Particular a consciência de que todos nós batizados somos discípulos-missionários do Cristo Jesus”, conclui Padre Javé Domingos.