Diocese festeja Nhá Chica e bispo reforça convite para as celebrações

Pela primeira vez no calendário de São João del-Rei o dia 14 de junho será feriado. A data fará a memória de Francisca de Paula de Jesus, a Nhá Chica, que nasceu no distrito de Rio das Mortes. Na paróquia dedicada à beata, haverá celebrações de missas e procissão.

Segundo o pároco, padre Sérgio França, a devoção é crescente na região e em outras localidades do país. “Tem crescido muito a devoção e a consciência de ser um privilégio termos a beata como conterrânea. É frequente ouvir novos relatos de fé e testemunhos de intercessão. Tudo isso serve, também, como um convite à santidade”, afirma.

Sobre o novo feriado, o sacerdote deixa claro a aprovação dos moradores do distrito. “O pessoal ficou muito feliz, afinal, as possibilidades de celebração aumentam com o feriado. Antes, teríamos apenas a missa noturna. Sendo feriado, adicionamos uma nova celebração, pela manhã, na igreja velha. A missa será presidida pelo bispo, Dom José Eudes”.

E as celebrações não param por aí. A previsão é que haja comemoração em todas as paróquias da Diocese. É o que afirma o Decreto Diocesano sobre o modo de celebrar a Memória Litúrgica da beata Francisca de Paula de Jesus, publicado por Dom Célio de Oliveira Goulart, em 20 de maio de 2013.

No decreto, Dom Célio reforça para que toda a Diocese de São João del-Rei se faça a Memória Litúrgica Obrigatória de Nhá Chica e recomenda que “seja usado o formulário próprio do Comum dos Santos e Santas, textos próprios para Santas Mulheres, substituindo o nome santa por Beata”.

No documento, pede-se também que “seja incentivado entre os fiéis leigos e leigas o verdadeiro culto à Beata Francisca de Paula de Jesus, despertando em todos a alegria de termos como modelo de vida cristã uma senhora de vida simples e abnegada, conhecida com a Mãe dos Pobres e Conselheira para todos”.

Pela manhã, Dom José Eudes Nascimento reforçou o pedido de Dom Célio e, também, encaminhou sugestões para as celebrações da Beata. Segundo ele, o Salmo 122, a leitura dos profetas Isaías 56, 6-11 e Jeremias 20,7-9, e o Evangelho de Matheus, 11,25-30, se adequariam bem para a liturgia do dia.

24 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Cursa Comunicação Social/Jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).