Diocese ganha nova Paróquia no Distrito de Macuco de Minas

Foi em clima de festa que a Comunidade São Sebastião, localizada no Distrito de Macuco de Minas, foi elevada a mais nova Paróquia da Diocese de São João del-Rei. Com a igreja repleta de fiéis, a celebração, realizada na noite de quarta-feira, 27, foi cercada por muita oração, emoção e alegria.

A elevação da comunidade à paróquia se deu, após o Bispo Diocesano, Dom José Eudes Campos do Nascimento, ouvir o parecer favorável do Colégio dos Consultores e do Conselho Presbiteral e divulgar uma Circular no dia 28 de outubro. A iniciativa visa um melhor atendimento espiritual e pastoral do Povo de Deus.

Além da elevação a Paróquia, a celebração contou, ainda, com os ritos de posse do primeiro pároco, Padre Samuel Carvalho Detomi. Após a leitura da provisão canônica, o sacerdote fez a profissão de fé e, tocando o Evangelho, fez seu juramento de fidelidade. Seguindo os tradicionais ritos, o sacerdote recebeu a chave da igreja, juntamente com alguns outros símbolos importantes para a caminhada pastoral como a chave do sacrário, a concha do batismo e a estola roxa, representando o Sacramento da Penitência.

“Quero direcionar minha palavra ao povo de Deus desta nova paróquia que acaba de ser criada em nossa Diocese de São João del-Rei, Paróquia São Sebastião de Macuco de Minas. Vamos juntos iniciar este caminho. Neste tamanho desafio, que dá seus primeiros passos, convoco as comunidades que juntas serão chamadas Paróquia São Sebastião: Comunidade Nossa Senhora do Rosário (Rosário de Minas), Comunidade Sant´Ana (Barro Vermelho), Comunidade Nossa Senhora Rosa Mística (Camarão), Comunidade São Manuel (Macuquinho), Comunidade Santo Antônio (gruta de Santo Antônio) Comunidade Nossa Senhora Aparecida e São Sebastião (Macuco de Minas). Convoco os agentes de movimentos, pastorais e ministérios, as famílias, os jovens, os que tem mais experiência. Em janeiro, de 11 a 20, na festa do padroeiro São Sebastião, vamos refletir e celebrar esta temática: Juntos somos uma nova paróquia: comunidade de comunidades. Assim sejamos”, pontua o recém empossado.

Sobre a comunidade

A comunidade do macuco teve início com a passagem dos tropeiros pela região, onde havia muitos pássaros chamado Macuco, local de referência para eles, o qual se deu o nome ao distrito. Antes de construir a capela, a comunidade se reunia para as primeiras missas na casa do senhor José Antônio de Souza (Zequinha), presidida pelo saudoso Cônego Heitor Augusto da Trindade, antigo pároco do Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, em Nazareno.

Com o tempo, foi erguido um Cruzeiro e as missas começaram a ser celebradas neste local, até 1938 quando foi construída a primeira Capela, hoje dedicada a Nossa Senhora Aparecida. Em 1960 vendo a necessidade de um lugar maior para celebrações, foi construída a Igreja Matriz São Sebastião.